Entretenimento

7 situações que só quem tem pais separados vai entender

0

Os relacionamentos parecem estar cada vez mais frágeis e com isso chegando a um fim meio fora de hora. Casais se casam, planejam uma vida inteira em harmonia, mas acabam antes mesmo de perceberem. Com isso, seus filhos acabam divididos entre o relacionamento dos dois e vivem uma vida que somente eles conseguem entender. Essas ‘complicações’ geram bastante transtornos e causam sérios danos na vida de crianças ou adolescentes, mas como tudo na vida, tem seu lado bom em alguns aspectos. A redação da Fatos Desconhecidos resolveu pensar um pouco mais sobre o assunto e listar alguns fatores que apenas as pessoas que tem pais separados vão entender.

Se você é filho de pais separados, sabe bem do que estamos falando e vai se identificar em algum ponto dessa lista. Se esquecemos de listar algo que você vive, comenta pra gente aí embaixo, será um prazer analisar e adicionar. Já pedimos que compartilhe com seus amigos também, pois sabemos que eles vão adorar o conteúdo. Sem mais delongas, confiram com a gente.

1 – O que é ter duas casas

Com a frequência de visita na casa do pai, caso more com a mãe ou vice-versa, você vai acabar tendo duas casas. Dois lugares onde poderá chamar de lar e se abrigar quando necessário.

2 – Dividir as datas comemorativas

E, como um bom filho, vai querer passar o maior tempo com os dois, não é mesmo? Sendo assim, as pessoas que vivem nessas condições tendem a organizar melhor seu calendário. Natal com um e Ano Novo com outro é uma boa escolha.

3 – Levar bronca em dobro

Quando aprontar algo, pode ter certeza que a bronca virá em dobro.

4 – Mas também ganhar o dobro de presentes

Mas por outro lado, em um aniversário ou outra data festiva, acabará ganhando dois presentes e isso talvez seja o que há de melhor, né!?

5 – Ter “4 famílias”

Você acaba tendo a sua família parte de pai e de mãe, biologicamente. Mas também possui os familiares por parte do padrasto e da madrasta.

6 – Servir de mensageiro

Quando se tem pais separados, acabamos sendo mensageiros. É sempre aquele: “olha, fala pra sua mãe que…” ou coisa do tipo.

7 – Ser o intermediador das brigas entre eles

E nas brigas entre eles também ficamos no meio. Na maioria das vezes, tentando apaziguar tudo e estabelecer a paz.

E aí, você concorda com nossa lista?

Dia 1 de janeiro não é o primeiro dia do ano e os astrônomos te explicam o porquê

Matéria anterior

9 melhores jogos independentes de 2017 que você nunca ouviu falar (mas deveria)

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos