• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 técnicas de autodefesa indicadas por profissionais que toda mulher deveria aprender

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      25/04/18 às 18h12

Infelizmente, todo cuidado possível tem sido pouco nos dias de hoje. As mulheres continuam sendo consideradas "vítimas fáceis" e essa visão precisa mudar. E, por mais que muitos acreditem que isso já tem acontecido, os números mostram exatamente o contrário. O número de mulheres assassinadas em nosso país cresceu cerca de 6,5% em 2017, quando comparado a 2016. O que só enfatiza ainda mais o fato de que precisamos aprender a nos proteger antes que seja tarde de mais.

Para se ter uma ideia do quão grave é a situação, ano passado (2017) foram registrados 4.473 homicídios dolosos contra mulheres. Isso significa que, no Brasil, cerca de 12 mulheres são assassinadas todos os dias. Sendo que, de todos os casos registrados, 946 deles foram considerados feminicídio. Ou seja, mulheres sendo mortas pelo simples fato de serem mulheres. Além disso, aproximadamente 135 mulheres são estupradas todos os dias em nosso país. Totalizando 49.497 casos em 2016. E, pensando nisso, reunimos algumas dicas de autodefesa que todas as mulheres deveriam conhecer.

1 - Saber quais são os pontos mais vulneráveis das pessoas

Os pontos mais vulneráveis das pessoas, aos quais você deve se focar enquanto se defende, são os olhos, o nariz, a garganta, o plexo solar - encontrado na região entre o peito, a virilha e os joelhos. Atacar esses pontos específicos fará com que você tenha mais chances de se livrar do agressor, independente do tamanho e força dele.

2 - Saiba truques simples e eficientes

Todas sabem que a área mais indicada para se atacar o seu agressor quando se pretende escapar é acertá-lo na virilha mas existem outros truques fáceis de se fazer que as mulheres deveriam aprender. Um deles consiste em bater com o punho na clavícula ou no pomo de Adão do seu adversário.

3 - Saber como se livrar de um agarramento frontal

Caso o agressor te agarre pela frente você tem algumas formas de se livrar. Uma opção é juntar as suas mãos na frente do seu corpo e socar a pélvis do oponente. Em seguida, utilize a sua testa para acertar o nariz do seu atacante. Essa sequência de ações fará com que ele afaste o seu corpo de você por um instante e aí é só você se preparar para o próximo ataque. Use o seu joelho para atacar a sua virilha novamente.

4 - Saiba como impedi-lo de se aproximar novamente de você

Se todas as ações anteriores não forem o suficiente para mante-lo longe de você faça outra sequência de ataques. Para isso, endireite o seu braço esquerdo, de uma forma que o mantenha distante, e utilize o direito para acertá-lo no queixo e no nariz. Termine a ação acertando-o novamente na virilha com o seu joelho.

5 - Aprenda a se libertar quando é agarrada pelo pulso

Para livrar a sua mão, quando ela é agarrada pelo atacante, você precisa de algumas identificações antes de agir. Olhe em que lado está o polegar do seu agressor enquanto ele te segura e gire o seu pulso na mesma direção. Por exemplo, se ele te usar a mão direita para segurar o seu punho esquerdo o seu polegar vai estar na sua direita e, consequentemente, você deve girar o seu pulso no sentido anti-horário. Depois disso, puxe o seu braço com toda a força que conseguir.

6 - Saiba se livrar quando é agarrado por trás

A maioria dos agressores acaba agarrando suas vítimas por trás já que essa é a forma mais fácil de prender os seus braços e deixá-la sem  muitas ações. E, para se livrar dele, você deve atacá-lo com a parte de trás da sua cabeça. Mas, mesmo que não consiga fazê-lo, na verdade a intenção é que a sua ação faça com que ele coloque uma das pernas para frente. Assim que ele fizer isso você deve se abaixar e agarrá-la, levantando-a em sua direção. Isso fará com que ele perca o equilíbrio e caia.

7 - Fuja de um agarramento lateral

Quando se é agarrado lateralmente a sua melhor arma passa a ser o seu cotovelo. Use-o para atingir a mandíbula ou o nariz do seu agressor. Isso fará com que ele dê um passo para trás e, neste momento, você deve golpeá-lo na área do peito ou na barriga.

É preciso saber se defender a as técnicas de autodefesa podem ser bem úteis nesse momento. Esperamos que isso possa te ajudar a se defender de um possível agressor e que os números referentes as vítimas mulheres possa diminuir. O que acharam?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+