Curiosidades

7 tecnologias de guerra futuristas que incrivelmente já existem

0

Desde que os primeiros humanos se viram na necessidade de combater uns aos outros, muita coisa mudou nas táticas de guerra. E foi uma evolução e tanto, levando em consideração as armas que eram usadas há milhares de anos atrás. Houve um tempo em que estratégias de guerra e numerosos soldados eram o suficiente para alcançar a vitória em uma batalha. Mas hoje, tendo uma vantagem tecnológica no campo de batalha, você pode facilmente vencer uma guerra.

Não é à toa que as maiores nações do mundo estão investindo pesado em tecnologias de guerra. E os avanços na tecnologia militar vêm se aprimorando a um nível de se assemelhar com a ficção científica. Não é bem uma surpresa que um dia teríamos tecnologias tão avançadas, porém não estava claro que seria em um futuro tão próximo. Confira a seguir 7 tecnologias de guerra futuristas que já são uma realidade.

1 – CHAMP

Na ficção científica, uma arma superpoderosa, capaz de liberar uma explosão de radiação eletromagnética e incapacitar toda a eletrônica de uma área, já existe faz tempo. Vários países já têm projetos de desenvolver uma arma capaz de fazer isso, mas a Força Aérea dos Estados Unidos já conseguiu trazer o feito para a realidade. O chamado Projeto Avançado de Mísseis de Alta Potência de Micro-potência de Contra-Eletrônica (CHAMP) conseguiu desativar com sucesso a eletrônica de sete prédios separados durante o seu primeiro teste. O diferencial da arma é que ela é capaz de identificar alvos específicos e não simplesmente bombardear uma região inteira.

2 – Mísseis hipersônicos

Era esperado ver mísseis hipersônicos no futuro, mas a China se adiantou. Os testes realizados com o seu novo aparato militar se mostraram bastante eficazes, infelizmente para todos os potenciais inimigos da China. Os Estados Unidos já trabalham para desenvolver mísseis hipersônicos há algum tempo, e agora que a China assumiu a liderança nessa corrida armamentistas, estamos ansiosos para ver o que os americanos vão inventar para superar a arma chinesa.

3 – Micro- drones

Há alguns anos atrás, muitos não imaginariam que teríamos objetos voadores não tripulados, capazes de realizar operações militares. Os drones já são uma realidade que mudou a forma de guerrear. Mesmo sendo de muita utilidade em batalhas, os drones não conseguem realizar uma operação não detectada. Para fazer isso, eles teriam que ser reduzidos em termos de tamanho e forma, a fim de se tornarem indetectáveis ao inimigo. Isso, os autores de ficção científica já previram. O que já é uma realidade desde 2017, quando o Pentágono divulgou que havia feito testes bem sucedidos com 103 micro-drones. Cada uma das minúsculas armas tem aproximadamente 16 centímetros de comprimento. Essas armas são capazes de realizar tomadas de decisões coletivas, mudança de formação e “cura” por si mesmas.

4 – Armamento IA

Embora a inteligência artificial ser permitida no campo de batalha levante uma série de preocupações, armas autônomas já existem. O “Harop” é um drone suicida, desenvolvido por Israel. A arma é capaz de se autodestruir se for capaz de se fixar ao que ele entender como alvo, seja ele combatentes inimigos ou sistemas de mísseis antiaéreos. A Alemanha também já tem sistemas de mísseis totalmente automatizados, capazes de destruir mísseis inimigos sem qualquer interferência humana.

5 – Exoesqueleto

Os fãs do Homem de Ferro já estão familiarizados com o conceito de terno exoesqueleto. Uma armadura externa, que oferece proteção e capacidades aprimoradas, poderia ser apenas mais uma tecnologia da ficção científica, mas já existe de verdade. Em 2018, a Rússia testou o seu protótipo RATNIK-3. O exoesqueleto foi capaz de transportar cargas pesadas e de disparar uma metralhadora apenas com uma mão. O traje é confeccionado em uma estrutura de titânio para dar força e resistência ao soldado.

6 – Raio congelante

Uma arma que pode congelar o inimigo é sempre retratada na ficção como uma arma usada por vilões. Existe uma que uma equipe de cientistas da Universidade de Washington desenvolveu nesse sentido, em 2015. A arma funciona disparando um laser em um líquido e o congelando. Essa tecnologia já existia com sólidos no vácuo, mas essa foi a primeira vez que foi usada em um líquido.

7 – Capa da invisibilidade

A capacidade de ficar invisível seria incrível não apenas para uso militar, também poderia ser de grande valia em nossas interações diárias. Uma capa da invisibilidade soa um tanto quanto surreal demais para existir de verdade. Mas existe algo semelhante desde 2012. A empresa canadense Hyperstealth Biotechnology Corporation desenvolveu com sucesso um material que pode torná-lo invisível. A capa da invisibilidade é passiva por natureza, ou seja, ela não reproduz o seu plano de fundo em qualquer tipo de tela. Ao invés disso, ela simplesmente “dobra a luz ao redor de um objeto”. E os militares americanos já demonstraram interesse em adquirir essa tecnologia inovadora.

E você, o que achou dessas tecnologias? Qual a mais surpreendente na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Você está sendo manipulado pelo seu parceiro? [Quiz]

Matéria anterior

7 momentos obscuros de desenhos da Nicklodeon

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.