• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 verdadeiros heróis da Segunda Guerra Mundial

POR Leticia Rocha    EM História      17/09/18 às 18h34

A Segunda Guerra Mundial foi uma das maiores e mais devastadoras que já ocorreu. Envolveu grandes potências mundiais e deixou um grande rastro, com milhares de mortos registrados. Os números são muito incertos, mas ultrapassam 60 milhões de vítimas.

Apesar de toda a crueldade da guerra, algumas pessoas tentaram melhorar a situação e diminuir esse lastro de morte. Verdadeiros heróis que não concordavam com as crueldades que estavam ocorrendo. E por isso tentaram salvar o maior número de pessoas possíveis.

1 - Raoul Wallenberg

O diplomata sueco estava espantando com campanha de perseguição e extermínio de judeus e usou seus poderes políticos para salvar cerca de 100 pessoas. Raoul emitia passaportes especiais para os cidadãos judeus, que qualificava como suecos. Dessa forma ele impedia que os judeus fossem levados aos campos nazistas fora do país. Além disso, o homem também usava o nome da embaixada sueca para alugar casas aonde os judeus poderiam morar. Por ser um local do governo e protegido pelo diplomata, os nazistas não podiam invadir as casas.

2 - Giorgio Perlasca

Giorgio conseguiu escapar da ocupação alemã na Hungria e fingiu ser um diplomata espanhol. Foi dessa forma que o homem conseguiu ajudar centenas de judeus a sair do país. Durante o inverno, Giorgio usou as propriedades da embaixada para esconder os nazistas e os manteve seguros e alimentados durante esse período.

3 - Coronel Jose Arturo Castellanos Contreras

O coronel salvadorenho ajudou a salvar milhares de judeus na Suíça. Arturo emitiu cerca de 13 mil certificados de cidadania salvadorenha, que permitia que os judeus saíssem do país e buscassem asilo político. Dessa forma, eles poderiam inclusive receber ajuda da Cruz Vermelha Internacional.

4 - Oskar Schindler

Schindler contratou cerca de mil trabalhadores judeus em sua indústria. As contratações, inicialmente ocorreram apenas com o objetivo de lucrar. No entanto, depois se tornou uma forma de proteger os judeus, que estavam sendo constantemente detidos e assassinados pelo exército nazista. Ele contratou homens, mulheres, crianças, idosos e até pessoas com deficiências físicas, para salvá-las dos campos de concentração.

5 - Abdol Hossein Sardari

Abdol era um diplomata iraniano em Paris durante a Segunda Guerra Mundial. O homem tentou salvar os judeus, contestando os generais e soldados nazistas. Ele dizia que havia acordos de proteção e segurança contra agressões às famílias iranianas que residiam no país desde o Império Persa. Abdol também emitiu inúmeros passaportes iranianos para judeus não-iranianos.

6 - Chiune Sugihara

Chiune resolveu desobedecer o governo e emitiu milhares de vistos manuscritos aos judeus. Ele não parava para comer ou descansar, trabalhava freneticamente escrevendo os vistos, para ajudar o maior número possível de pessoas. Recebeu ordens de seus superiores para parar com aquilo, mas ele simplesmente ignorou e persistiu por mais uma semana, até que o consulado foi fechado a força. Em seu último dia na Lituânia, ele chegou a emitir 300 vistos (a quantidade que era feita em 1 mês normalmente). Chegou um momento em que Chiune apenas assinava folhas em branco carimbadas, com a expectativa de que o resto pudesse ser preenchido depois.

7 - Necdet Kent

O diplomata turco impediu que 80 judeus turcos fossem levados aos campos de concentração. Quando soube sobre o trem carregado, Kent foi atrás e exigiu que os cidadãos turcos fossem libertados. Esclareceu que a Turquia era neutra e que não tinham o direito de fazer aquilo, mas os soldados disseram que eles eram apenas judeus e nada mais. Ele entrou dentro do trem e foi com eles, até que finalmente conseguiu fazer com que todos fosse libertados. Além disso, o homem também expediu documentos de identidade turcos para os judeus que moravam na região e para aqueles que haviam fugido para a Turquia e não tinham passaportes válidos.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+