• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 fatos que todo mundo esqueceu sobre a Segunda Guerra Mundial

POR Isabela Ferreira    EM História      08/06/18 às 16h13

Segunda Guerra Mundial foi um conflito que envolveu diretamente as maiores potências do mundo, fazendo com que muitas outras nações assumissem um lado pelo qual lutar. Ocorrida entre os anos de 1939 e 1945, a guerra ficou marcada pela obsessão e loucura de Hitler, que acabou sendo o responsável pelo extermínio de milhões de inocentes. Por outro lado, o conflito era dividido em dois lados: os Aliados, formado pela União Soviética, os Estados Unidos, o Império Britânico e a China, e o Eixo: Alemanha, Itália e o Japão.

Costumamos considerar que um era o lado bom e o outro era o lado mau, mas as coisas não eram exatamente assim. Muitas coisas aconteceram durante a Segunda Guerra Mundial e é normal que após tanto tempo, já tenhamos nos esquecido de alguns dos mais importantes acontecimentos. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 fatos que todo mundo esqueceu sobre a Segunda Guerra Mundial. Confere aí!

1 - Os britânicos atacaram a frota francesa

Após a queda da França, os ingleses tiveram medo de que a marinha do país acabasse caindo nas mãos dos alemães. Dessa forma, tentaram convencer a marinha francesa a lutar para a causa britânica, mas tiveram o pedido negado. No entanto, ainda mantinham a esperança de que os franceses se aliassem quando ficassem sem suprimentos. No entanto, Winston Churchill em conjunto com o Gabinete de Guerra, decidiu simplesmente dar uma "pequena" demonstração de seu poder, o que levou à ativa a Operação Catapulta, em julho de 1940.

Os britânicos acabaram tomando alguns navios franceses, exigindo que eles se rendessem. Após receberem uma resposta negativa,os britânicos decidiram abrir fogo, ato que levou cerca de 1.300 marinheiros franceses à morte. No entanto, a frota ainda não havia sido afundada e alguns navios ainda conseguiram voltar para a França.

2 - Aliados lutaram em Madagascar

Após a união de Madagascar ao governo de Vichy, no ano de 1940, os Aliados tiveram medo de que o lugar se transformasse em uma base para o exército japonês... Resultando em um bloqueio britânico e uma invasão, 2 anos depois. Antes de se renderem, os defensores de Vichy ainda lutaram por cerca de 6 meses, se rendendo logo em seguida.

Assim que os Estados Unidos se uniu às forças britânicas, os Aliados ainda enfrentaram uma batalha intensa e sangrenta. Haviam cerca de 100 mil tropas francesas de Vich esperando por ali. Embora tenham sido derrotados, lutaram com bravura.

3 - Rebeldes iraquianos lutaram ao lado do Eixo

Antes mesmo do confronto em Madagascar, muitos iraquianos já iam contra os ideais britânicos. Tal fato acabou levando a um golpe de estado, ocorrido no ano de 1941, contra o governo que apoiava os britânicos. No entanto, ocorreu uma intervenção militar britânica como resposta. Assim, os iraquianos acabaram recorrendo ao Eixo, de onde esperavam que a ajuda viesse, mas naquela altura, os alemães estavam muito preocupados com a Grécia, e em preparação para invadirem a Rússia. Tudo que fizeram foi enviar alguns equipamentos militares. Em troca, muitos iraquianos ajudaram a lutar contra os britânicos.

4 - Britânicos invadiram a Islândia

Desde o ano de 1918, a Islândia era considerada como um estado dinamarquês. No entanto, após a queda da Dinamarca, declararam independência, afirmando também serem neutros na guerra. Mas em contrapartida, a região tinha grande significado estratégico para a  batalha que acontecia continuamente no Atlântico. Isso fez com que os britânicos oferecessem "proteção", mas foram recusados pela Islândia.

Não deixaram barato. Não levou muito tempo para que o local fosse invadido pelos britânicos, que ainda prenderam alguns alemães que estavam por ali. Apesar da situação delicada, não houve resistência. O país permaneceu nas mãos dos Aliados até que a Segunda Guerra Mundial tivesse fim.

5 - China foi uma das que mais sofreu com a guerra

A China foi a primeira a sofrer com todo o poder do Eixo, já que foi invadida logo no ano de 1937, pelo Japão. Mas ao longo da Segunda Guerra Mundial, a China perdeu milhões de pessoas, ficando atrás apenas da União Soviética e Alemanha. A informação mais triste é que a maior parte deles eram civis. Já no final da guerra, a China acabou se transformando em uma parte essencial da estratégia dos Aliados.

6 - Muitos indianos lutaram por Hitler

Foi na primavera de 1941 que Subhas Chandra Bose, líder do movimento de independência indiana contra a Índia Britânica, fez uma visita à Alemanha e declarou apoio à causa de Hitler. A partir daí, nasceu uma legião indiana do exército alemão. Eram cerca de 2 mil soldados que durante praticamente toda a Segunda Guerra Mundial, permaneceram sem ação. Foi apenas no ano de 1944  que foram entregues à ala militar do partido nazista, onde experimentaram alguns combates limitados.

7 - Italianos acabaram levando uma surra da Grécia

Empolgados com o sucesso que a Alemanha obteve na Polônia, a Itália acabou invadindo a Grécia em outubro de 1940. Vale lembrar que o exército grego era bem menor, tinha menos experiência em guerra e era muito menos moderno, mas ainda assim, dentro dos primeiros 20 dias já conseguiram forçar os italianos a baterem em retirada para a Albânia. O fato ficou conhecido pelos gregos como "o milagre albanês". O impasse apenas teve fim após a Alemanha intervir, no ano de 1941.

E então pessoal, o que acharam? Se lembravam destes acontecimentos da Segunda Guerra Mundial? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+