• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 vezes em que a cafeína matou pessoas

POR Lucas Curado    EM Curiosidades      09/04/18 às 15h54

É muito comum vermos pessoas tomando café ao longo do dia. Na verdade, isso é um hábito muito comum, não só no Brasil, como também no mundo. Contudo, a cafeína, por mais que nos ajude a trabalhar melhor e nos manter acordado, também pode ser bem nociva a saúde.

Cafeína também é encontrada em bebidas energéticas, que muitas vezes nós consumimos de forma exagerada. Já houveram caso onde pessoas tiveram problemas graves por conta do alto consumo dessa substância. Claro, isso vai de corpo para corpo, ou seja, depende de como seu organismo vai interagir com altos teores de cafeína. Ainda sim, todos nós estamos propensos a sofrer uma overdose de cafeína, dependendo da quantidade ingerida.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você alguns casos de pessoas que, infelizmente, foram a óbito devido essa substância. Muitas vezes nem houve exagero, mas o corpo das mesmas não reagiu bem a ingestão de cafeína. Calma, isso também não quer dizer que você deva parar de tomar café! O importante é utilizar essas substâncias com moderação.

1 - Café Latte,  Moutain Dew e Energéticos

Davis Cripe era um jovem como qualquer outro. Um dia na escola, após tomar um energético, ele teve um ataque cardíaco no meio da sala de aula. No momento que isso aconteceu, a professora ligou imediatamente para a emergência. Infelizmente Cripe não sobreviveu. Os médicos disseram que a causa foi a ingestão de cafeína em um curto período de tempo.

2 - 5-hour-Energy

O 5-Hour-Energy é um "shot" de cafeína e vitaminas que já causou pelo menos a morte de 13 pessoas entre 2009 e 2012. Além das mortes, dentro desse período, ele também foi responsável pela internação de 33 outros indivíduos. Qual a causa disso? A ingestão desse produto equivale a 40 copos de café. Se uma pessoa tomar mais de um desses em um período de tempo muito curto, não é de se impressionar que a mesma terá uma overdose de cafeína.

3 - Four Loko

É um drinque altamente alcoólico que ficou bem famoso nos Estados Unidos. Basicamente, além da grande quantidade de álcool, ele também possui uma grande quantidade de cafeína misturada. Quando o álcool interage com a cafeína, pode levar uma pessoa ficar bêbada bem mais rápido e também provocar mudanças na personalidade da mesma.

Um rapaz chamado Jason Keiran, de apenas 20 anos de idade, foi em uma festa universitária e tomou 3 drinques desse de uma só vez. Dentro de pouco tempo, o rapaz começou a ter um comportamento muito estranho e entrou em um "estado maníaco". Dessa forma, o rapaz pegou uma arma e se matou. A família do garoto processou a companhia que produzia esses drinques.

4 - No Doz

James Stone tinha apenas 19 anos de idade quando veio a óbito após tomar 30 tabletes de No-doz. O produto seria o equivalente a 1 xícara de café e sua embalagem não tinha nenhuma contra-indicação sobre a quantidade de uso. James havia tomado os tabletes pois não havia sentido o efeito da primeira dose que tinha tomado. Ele começou a passar mal e acabou tendo um ataque cardíaco no banheiro.

5 - Monster

Provavelmente você já deve ter consumido esse produto. Muitas vezes esses energéticos são vendidos como se fossem benéficos para a prática de execício físico, contudo isso não é completamente verdade. Dustin Hood, em 2015, tomou 3 latas e meio desse energético e isso foi o suficiente para ele ter uma parada cardíaca... Levando o mesmo a óbito.

6 - Café

Você pode até pensar que só drinques energéticos podem te matar. Não necessariamente. Por incrível que pareça, um café em um copo normal do Starbuck's equivaleria a 3 latinhas de Red Bull. Outro detalhe é o fato de que o café pode aumentar os riscos de câncer em uma pessoa. Isso acontece devido a uma substância chamada acrilamida, que é encontrado no mesmo.

7 -  Morte no Japão

Em 2015, no Japão, um homem que trabalhava no turno noturno de um posto resolveu tomar muita bebida energética à base de cafeína. Infelizmente, o homem consumiu muito mais do que o indicado e veio a óbito por overdose. Esse foi o primeiro caso de overdose por cafeína no Japão.

E aí, o que achou dessa matéria? Deixe seu comentário e até a próxima.

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+