8 alimentos que podem ser replantados para sempre

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      09/09/15 às 14h51

Você já pensou em montar uma pequena horta em casa? Pois saiba que deveria. Muitos dos produtos que consumimos diariamente (em especial os temperos) podem ser reaproveitados após o uso.

Isto mesmo: é possível replantá-los, quase que para sempre. A prática vale muito a pena para quem prefere não utilizar aqueles temperos prontos que, ainda que sejam muito saborosos, fazem mal à saúde por conterem sódio e outros elementos químicos que realçam seu sabor.

Veja alguns alimentos que você pode replantar em casa e não deixe de fazer o teste!

Cebolinha

cebolinha

Replantar cebolinha é bem fácil: basta deixar a parte branca, com um pouquinho da parte verde e colocar em um copo com água, de forma a cobrir 2,5 cm da parte branca. A cebolinha deve ser colocada em um local ensolarado e pronto. Em alguns dias, você terá mais cebolinhas pra usar e não precisará comprar outras. É preciso trocar a água todos os dias para manter a muda.

Manjericão e Hortelã

Manjericão

O manjericão pode ser replantado de uma forma parecida. Basta separar duas ou três hastes, retirar as folhas de baixo (bem como as flores) e colocá-las num copo com água até a metade. A água precisa ser trocada a cada dois dias. Quando a raiz já tiver mais de 2 cm, é preciso plantar as hastes num vaso médio ou grande, pois o manjericão precisa de espaço para crescer. O Hortelã pode ser replantado da mesma maneira, mas o vaso precisa de furos.

AlecrimAlecrim

Para replantar o alecrim é preciso começar pelo mesmo processo do manjericão e do hortelã (copo com água). Em seguida, plante-os em um vaso com furos em baixo para que a água possa ser drenada. O alecrim não curte muita água, então não o regue muito, e use 2/3 de areia grossa e 1/3 de terra musgo no vaso. Lembre-se de cortar os galhinhos quando precisar.

Salsão

Salsão

O processo é similar aos anteriores. Basta cortar no talo, uns 5 cm, e deixar num recipiente com água (trocando sempre). Não deixe de umedecer também a parte de cima - ao contrário do alecrim, o salsão precisa de muita água. Deixe a planta no sol e pronto. Após 5 dias de completo brotamento das folhas, passe para um vaso com furos.

Erva Cidreira

Erva

Ou mini erva cidreira, no caso. Bem simples. Arrume cinco ou seis talos, deixe na água e espere pelas raízes. Uma vez que tenham nascido, coloque na terra preparada. A planta suporta bem o sol, e deve ser regada constantemente. É difícil achar alguém que não goste do chá de erva cidreira. Vale super a pena.

Alho

Alho

No caso do alho, o que é reaproveitável são as folhas que nascem do bulbo, que nem precisam ser replantadas: só colocar os dentes numa vasilha com água. Elas caem muito bem em batatas assadas, húmus, guacamole e qualquer tipo de salada. O ideal é usar somente as extremidades, pois são bem mais saborosas. O processo de replantar o alho é um pouco mais trabalhoso, mas também pode ser feito. Veja aqui.

Cenoura

Cenoura

Sim, o mesmo que vale para o alho também vale para as cenouras. Estas plantinhas que nascem na ponta podem ser usadas como tempero, pois são muito nutritivas, além de cair muito bem com saladas, sopas e até mesmo drinks. Para plantar as folhinhas basta utilizar aquela parte que todo mundo costuma jogar fora, colocá-la numa vasilha com água e esperar. Só isto.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+