Curiosidades

8 coisas que incrivelmente já foram proibidas no Brasil

0

É um fato que com o passar do tempo a tendencia é sempre existir uma constante mudança, e atualmente essa evolução é ainda mais acelerada, afinal o mundo de 100 anos atrás já é drasticamente diferente do mundo que habitamos hoje em pleno 2016. E no Brasil as coisas não poderiam ser diferentes.

Muitas são as coisas que já foram proibidas por aqui, e que hoje em dia nos parecem verdadeiros absurdos, não acredita? Nós te provamos!

Mas antes de sair correndo para descobrir o que preparamos, clica aqui, e confiram também quais são as 7 coisas que ainda são proibidas no Brasil, mas que todo mundo faz!

1- Voto feminino

01

Apenas no ano de 1932 e após uma intensa campanha nacional, as mulheres conquistaram o direito a voto, é isso mesmo, antes do dia 24 de Fevereiro deste ano, as mulheres eram simplesmente proibidas de votarem nosso país. A situação só foi de fato mudar após o decreto 21.076 do Código Eleitoral Provisório.

2- Músicas

02

Bom, não é novidade para ninguém que durante o período de regime militar no Brasil, muitos artistas acabaram sendo cesurados e consequentemente tiveram suas músicas proibidas de serem lançadas, divulgadas e reproduzidas. Então sim, até pode parecer estranho, mas até mesmo músicas já foram proibidas em nosso país.

Artistas que escreviam letras de cunho político eram os mais perseguidos, como exemplo temos Chico Buarque e Caetano Veloso.

3- Biquíni

03

Jânio Quadros foi um excêntrico político brasileiro, que ao chegar à presidência em janeiro de 1961, implantou uma política de “saneamento moral da nação” e foi por esse motivo, que os biquínis foram proibidos em todas as praias do Brasil e também os maiôs foram proibidos nos concursos de beleza.

4- Palavras

04

Assim como músicas inteiras foram cortadas durante a ditadura militar cerca de 4,5 milhões de palavras foram censuradas e proibidas de serem publicadas ou ditas em jornais, peças teatrais e na imprensa de uma forma geral até o ano de 1978.

Além disso houve a tentativa por parte do governo de tentar alterar até mesmo o conteúdo das publicações e trabalhos artísticos em geral.

5- Shows de Hipnose em Público

05

É isso mesmo, os shows de Hipnose em público aqui no Brasil, foram proibidos por até então atual presidente Jânio Quadros. Alguns anos depois a prática foi liberada para o uso clínico realizada apenas por profissionais.

6- Traje Caipira

06

No ano de 2005, a até então prefeita de São João da Boa Vista, no interior de São Paulo, realizou uma proibição nada convencional.

Ela proibiu por decreto que as pessoas usassem roupas caipiras e típicas durante um concurso de quadrilhas. Segundo a prefeita, o objetivo era descaracterizar o estereótipo do caipira e evitar o preconceito.

7- Gritos

07

Em março de 2007, o prefeito Gilberto Kassab de São Paulo, publicou um decreto que proibia os gritos nas feiras-livres da cidade. Segundo ele a proibição só teria ocorrido graças a um erro de digitação e interpretação por causa de uma vírgula mal posicionada.

8- Rock N’Roll

SONY DSC

Quando Jânio Quadros era ainda governador do estado de São Paulo, em 1957 ele proibiu a execução de Rock and Roll em todo e qualquer festa realizada no estado.

E então queridos leitores do Ultra Curioso, imaginavam que todas essas coisas comuns já haviam sido proibidas em nosso país? conseguem imaginar como era viver dentro destas regras e proibições? Comenta pra gente aqui em baixo.

7 personagens e enredos de cinema insanos que realmente existiram

Matéria anterior

7 coisas que você jamais gostaria de saber sobre a psicologia humana

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Mais em Curiosidades

Você também pode gostar