Fatos Nerd

8 mascotes mais estranhos dos quadrinhos

0

A vida dos super-heróis pode ser bem solitária as vezes. Visto que, por vezes, eles abrem mão de relacionamentos interpessoais convencionais para não arriscar a vida de entes queridos, é comum imaginarmos que eles busquem alternativas contra a solidão. Surpreendentemente, assim como nós, reles mortais, esses deuses modernos possuem um fraco por animais fofinhos e, muitos deles, resolvem dedicar seu afeto à mascotes. Como resultado disso, os quadrinhos são repletos de pets peculiares e abaixo selecionamos alguns dos mais estranhos.

8 – Leroy (um pet de mil e uma utilidades)

Leroy é a iguana de estimação de Traci Thirteen, e também seu familiar – espírito de companhia. Embora iguanas não sejam necessariamente mascotes estranhos, Leroy se destaca por amar café, se comunicar telepaticamente com Traci e, eventualmente, se transformar em um dragão cuspidor de fogo. Sendo assim, Leroy já se provou um bom espião, meio de transporte e dragão de guarda. Esse vai pra lista de mascotes com mil e uma utilidades.

7 – Hooty (uma linhagem inteira de mascotes)

Hooty é a coruja de estimação do Doutor Meia-Noite que, surpreendentemente, foi responsável por inspirar Charles McNider a assumir o alter ego justiceiro. O médico ficou cego após ter seu consultório explodido por um mafioso e, quando a coruja atravessou a janela de sua sala de estudos certa noite, arrancando o curativo de seus olhos, McNider se deu conta de que conseguia enxergar perfeitamente no escuro, assumindo o manto de Doutor Meia-Noite. Ao longo dos anos houveram pelos menos 14 Hootys, todos desempenhando uma função importante nas aventuras de seu dono.

6 – Seu Malhado (nem tudo é o que parece)

Embora tenha sido apresentando com uma forma antropomórfica, Seu Malhado é o tigre de estimação de Billy Batson, o Shazam. Antes que você se pergunte o porquê do nome do mascote, avisamos que há uma explicação muito coerente. Acontece que, quando está em sua forma de tigre, Seu Malhado é cercado por um campo mágico que faz com que pessoas comuns o vejam como um simples gatinho malhado. Aliás, um fato curioso é que o Ciborgue só consegue ver a verdadeira forma do pet porque conta com um olho cibernético.

5 – Cometa, o Supercavalo

Também conhecido como Biron, Cometa é o mascote da Supergirl. Surpreendentemente, em algum ponto da história ele foi um centauro que tomou uma poção para se tornar um humano mas acabou sendo convertido em um cavalo. A responsável por ter dado a poção ao personagem foi Circe, que acabou sendo incapaz de reverter o encanto e, para compensá-lo acabou dando ao equino superpoderes. Coincidentemente, as habilidades extraordinárias de Cometa são semelhantes às da Supergirl e, além disso, ele pode se comunicar telepaticamente com os outros. Eventualmente, Cometa voltou a ser humano, mas seus dias como mascote estão eternizados nos quadrinhos.

4 – Krypto, o Supercão

Esse petzinho dispensa apresentações, afinal, qualquer um que tenha conferido a animação homônima transmitida pelo SBT ou sua recente adaptação em Titãs é familiar com o cãozinho. Pois bem, apesar de parecer um cachorro norma, Krypto conta com a mesma fisiologia do Superman. Sendo assim, quando em contato com a luz do Sol da Terra, o cachorro ganha habilidades extraordinárias. Apesar de normalmente salvar o dia ao lado de kryptonianos, o Supercão também realiza missões sozinho.

3 – Bat-Vaca (a Mansão Wayne é cheia de mascotes)

A Bat-Vaca foi resgatada por Batman e Robin de um matadouro de Gotham City. O objetivo da dupla era testá-la para doenças que um grupo de criminosos liderados pelo Professor Porko poderiam ter infectado propositalmente. No fim das contas, os heróis acabaram se apegando à vaquinha e decidiram mantê-la em um celeiro na Mansão Wayne. Aliás, o amor de Damian Wayne pela cava era tamanho que ele decidiu até mesmo se tornar vegetariano enquanto ela vivesse. Vale lembrar que Damian é viciado em mascotes e conta com uma longa lista de pets como o cachorro Titus, o gato Pennyworth, o morcego dragão Golias e o peru Jerry.

2 – Jumpa (amazonas também têm mascotes)

Jumpa é o Kanga – espécie de canguru alienígena do Universo DC – favorito da Mulher Maravilha. A raça foi trazida para Themyscira por um grupo de amazonas exploradoras do espaço e são usadas pelas amazonas na Ilha Paraíso para passeios divertidos e também para esportes. Kangas são altamente adaptáveis, possuem super velocidade e força e são capazes de voos curtos. Então, não foi uma novidade ver Diana Prince treinando Jumpa para ajudá-la no combate ao crime. Apesar dele permanecer na Ilha Paraíso, os dois tem uma forte ligação e a amazona tem muito carinho pelo pet.

1 – Beppo, o Supermacaco

Da mesma forma que a Terra enviou primatas para o espaço, Jor-El, o pai do Superman, enviou um macaco de Krypton para testar a viabilidade de seu plano de fuga para seu filho. Beppo se refugiou na nave que levou Superman para a Terra e passou vários meses na selva antes de rastrear um Clark Kent ainda pequeno. Eventualmente, Superman e Supergirl o apresentaram à outros mascotes como Krypto e Streaky, e assim surgiu a Legião dos Super Animais de Estimação. Como todos os seres kryptonianos, Beppo tem habilidades semelhantes ao Superman, incluindo força, vôo e visão de calor, mas são proporcionais ao seu tamanho.

Fonte: WhatCulture
Imagens: DC Comics.

Como The Batman será diferente das adaptações anteriores do herói?

Matéria anterior

Revelados mais detalhes sobre a trama de Esquadrão Suicida

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.