Fatos Nerd

Afinal, por que Masashi Kishimoto voltará para Boruto?

0

Masashi Kishimoto voltará para Boruto e isso é uma das melhores notícias que os fãs poderiam ter (via CBR). A fama de Kishimoto começou em 1999, com os mangás de Naruto. O magaká ficou sob comando na obra por quinze anos, até encerrá-la em 2014. Embora já fosse famoso na terra nipônica, ele explodiu para o mundo com a adaptação do título para anime.

Ao todo, foram 72 volumes e 700 capítulos acompanhando as aventuras de Naruto e seus amigos. Depois disso, o artista passou a supervisionar a maioria dos longas metragens, e concluiu seu trabalho com uma espiadinha em Boruto: Naruto – O Filme.

Por causa do grande sucesso da franquia, a Shonen Jump procurou outra pessoa para auxiliar o artista. Com isso, a série Boruto: Naruto Next Generations não ficou sob seu comando, porém, contou com a sua supervisão. Até recentemente, a série era escrita por Ukyo Kodachi.

O tempo passou e, em meados de novembro, a conta oficial de Naruto anunciou que Masashi Kishimoto voltará para Boruto, assumindo a redação e storyboard, a partir do capítulo 52. Retomando, assim, suas atividades no lugar de Kodachi.

Ao olhar para o caminho bem sucedido trilhado por Naruto, o retorno de Kishimoto à franquia é uma boa notícia.

O hiato de Kishimoto

Masashi Kishimoto se afastou da franquia após Boruto: Naruto – O Filme. Quando ele foi questionado por fãs sobre o porquê da sída, o mangaká pediu apenas para que o deixassem descansar.

Algo completamente compreensível, final, trabalhar na produção de mangás é uma tarefa que exige muito do profissional. A cobrança e a pressão não param e o artista praticamente deixa de viver para manter a história girando.

Entretanto, Kishimoto não ficou parado. Entre maio de 2019 e março de 2020, ele criou a série intitulada Samurai 8: The Tale of Hachimaru, a qual foi veiculada pela própria Shonen Jump.

Com a série, o artista pretendia explorar seu amor pela cultura japonesa e pela ficção científica. Resultado, deu ruim! Ele esperava que sua obra durasse no mínimo por 10 volumes, com possibilidade para mais. Contudo, ela foi finalizada no quinto. Isso, claro, por falta de interesse do público.

Uma das maiores reclamações foi a ausência de supervisão editorial e a falta de ritmo da história. O cancelamento da série veio acompanhado de reações diversas.

O real motivo do retorno de Masashi Kishimoto

De acordo com a Shonen Jump, Kishimoto sempre esteve programado para eventualmente retornar à franquia, embora essa conversa pareça tendenciosa.

Vejamos bem, caso Samurai 8, o projeto que Kishimoto tanto apostou, realmente tivesse dado certo, ele não voltaria para Boruto tão cedo. No entanto, seu plano fracassou, lhe restanto apenas uma saída cabível.

De qualquer forma, o retorno de Masashi Kishimoto ao universo ninja contribuirá bastante para o desenvolvimento criativo da história. No final das contas, talvez seja exatamente isso que Boruto precisava.

Imagens: TV Tokyo.

10 comentários mais épicos da Fatos Desconhecidos #106

Matéria anterior

Entenda tudo o que aconteceu em Cametá no Pará

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar