Curiosidades

Entenda tudo o que aconteceu em Cametá no Pará

0

Nessa semana, duas cidades do Brasil tiveram noites dignas de filme de terror. Um dia depois do ataque que bandidos armados fizeram na cidade de Criciúma (SC), os moradores de Cametá (PA), que fica a 235 quilômetros da capital Belém, tiveram uma madrugada de terror.

Os criminosos estavam fortemente armados e assaltaram uma agência do Banco do Brasil. Para isso, eles usaram  explosivos e fizeram alguns reféns. Nesse ataque, uma pessoa morreu e outra ficou ferida. E até o momento, ninguém foi preso.

Esse assalto durou mais de uma hora e foi feito por 20 bandidos. Eles estavam armados com armas de grosso calibre, como fuzis. De acordo com as primeiras informações, os bandidos cercaram o Batalhão da Polícia Militar na cidade para conseguir isolar os policiais e ter tempo para praticar o assalto.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup), as buscas estão sendo feitas com ajuda de duas aeronave e uma embarcação. A polícia já conseguiu encontrar uma camionete cheia de explosivos. Eles a encontraram em uma estrada, que faz ligação com o município vizinho de Tucurí.

A vítima que morreu no assalto foi um refém, que foi feito de escudo humano pelos criminosos. E o outro ferido foi baleado e está internado. Felizmente, não está em estado grave.

Buscas

Os policiais civis e militares continuam a fazer as buscas pelos fugitivos na região. Na manhã dessa quarta-feira, o governador Helder Barbalho foi até o município, para acompanhar o trabalho feito na investigação.

A Segup disse que assim que teve a confirmação do ataque em Cametá, ainda de madrugada, enviou equipes de batalhões do Bope e outras unidades de polícia. Além de também enviar aeronaves, para dar todo o suporte necessário.

O governador Helder Barbalho usou seu Twitter, para afirmar que não medirá esforços “ara que o quanto antes seja retomada a tranquilidade e os criminosos sejam presos”.

Além do governador, o prefeito Waldoli Valente disse que confia nas forças de segurança do estado, para “retomar a paz e a segurança de Cametá e responsabilizar todos os envolvidos”.

“Nossa cidade sempre foi pacífica e peço a todos que fiquem em suas casas. Rogamos ainda a Deus que conforte a família do jovem que perdeu a vida de forma covarde”, escreveu ele, em seu Facebook.

Colaboração

O Banco do Brasil informou, através de uma nota, que não teve registro de funcionários ou clientes feridos nessa ação criminosa. Até porque, que nas imagens divulgadas pelo governo do Pará, é possível ver a agência bancária completamente destruída.

O banco disse estar colaborando com as investigações policiais para que o caso seja solucionado. A instituição também espera a conclusão dos trabalhos de varredura da perícia e liberação do acesso ao local. Assim que isso estiver feito, será possível fazer a avaliação dos danos que foram feitos à estrutura da agência.

Mesmo assim, a agência ficará fechada. E o Banco do Brasil está trabalhando para normalizar o atendimento o mais rápido possível. Nesse tempo, os clientes têm que ir até agências dos municípios vizinhos.

Ataque parecido

Esse ataque no Pará foi parecido com outro que também aconteceu essa semana. Nessa terça-feira, um ataque contra duas agências bancárias, no centro de Criciúma (SC), fez com que a cidade tivesse uma madrugada de terror.

Além de tiros, os criminosos fizeram uma barricada com carros, espalharam explosivos e usaram reféns como escudo, para tentar evitar que os policiais se aproximassem.

Os bandidos também incendiaram o 9º Batalhão da Polícia  Militar e o túnel que liga a cidade vizinha de Tubarão.

Nesse ataque, a polícia está investigando para saber se houve ou não envolvimento de membros da facção criminosa PCC, Primeiro Comando da Capital.

Afinal, por que Masashi Kishimoto voltará para Boruto?

Matéria anterior

Conheça o peixe mais caro do mundo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos