Notícias

Americanas venderá jato de milhões para sua recuperação; veja a aeronave

0

Em processo de recuperação judicial, a empresa anunciou a venda do avião da Americanas. A divulgação aconteceu de forma oficial e alcançou as redes sociais.

A Americanas irá se desfazer de seu avião Phenom 300, modelo EMB-505 fabricado pela Embraer em 2014. O jato executivo Phenom 300 é um dos modelos mais populares e relevantes da fabricante.

A empresa varejista sofreu uma forte queda em suas ações no mercado acionário e enfrenta várias investigações após um escândalo contábil da empresa em janeiro. Foi quando descobriram “inconsistências em lançamentos contábeis”. A dívida total da empresa é de R$ 43 bilhões.

Via Tecnoblog

Como é o avião da Americanas?

O jato executivo Phenom 300 é um grande sucesso de vendas da Embraer. A fabricação do modelo começou em 2009 e, desde então, a série Phenom 300 tem mantido uma média anual de 50 aeronaves entregues, acumulando mais de 640 entregas.

O modelo é conhecido por sua capacidade de transporte de até nove passageiros e dois pilotos. O Phenom 300 tem equipamento de dois motores ‘Pratt & Whitney Canada PW535E1’ com 3.478 libras de empuxo, podendo voar a 45 mil pés (13.716 metros).

A Americanas, que está em processo de recuperação judicial, anunciou que a venda faz parte do plano de levantamento de fundos. Por isso, venderá seu modelo mais moderno primeiro, a aeronave Phenom 300.

A capacidade máxima de alcance do jato é de 2.000 milhas náuticas (unidade de medida de comprimento ou distância, equivalente a 1.852 metros). Também atinge uma velocidade máxima de 847 quilômetros por hora. Um modelo similar à venda na web foi encontrado pelo g1 por R$ 44 milhões.

Via Globo

Na última década, o modelo Phenom 300 enfrentou renovações que elevaram seu valor na tabela de comparação. Por isso, atingiu valor entre US$ 8,995 milhões para US$ 9,45 milhões.

A aeronave bimotor a jato é considerada uma das mais importantes e vendidas da Embraer e é conhecida por sua eficiência e desempenho.

Em resumo, o jato executivo Phenom 300 é um sucesso de vendas da montadora desde sua fabricação em 2009. Além disso, tem uma média anual de apenas 50 aeronaves entregues por ano.

Por esse motivo, a companhia espera que atraia compradores interessados para adquirir esse modelo potente, reunindo um valor considerável para ajudar na sua dívida.

Dívida da Americanas

Em janeiro, a Americanas divulgou um comunicado onde relatava algumas “inconsistências contábeis” que geraram um rombo de R$20 bilhões em seu caixa. Posteriormente, em análise apurada, descobriu que o valor somava quase R$40 bilhões.

Como consequência, os investidores começaram a vender as ações, fazendo com que a empresa despencasse na Bolsa. Em seguida, uma conferência do presidente anunciou sua renúncia ao cargo com menos 10 dias após a posse.

Além disso, afirmou que o balanço não estava errado, mas houveram registros incompletos que levaram a essa situação. O valor ia contra o anúncio positivo do último trimestre de 2022.

Via Aeroin

Segundo especialistas, essa diferencial considerável aconteceu por conta de práticas de uma linha de crédito que leva o nome de “risco sacado”. Isso faz com que o banco divida os pagamentos em triângulos, com fornecedores e a instituição financeira.

Assim, causou em uma diferença de R$20 bilhões nos valores que realmente existiam disponíveis. No comunicado, a Americanas informou ter apenas R$ 800 milhões em caixa.

Por isso, declarou falência e entrou com pedido de recuperação judicial. Sua proposta foi aceita pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, começando as negociações com os bancos que apresentavam dívida.

Além disso, teve seus bens bloqueados pela BTG Pactual e pela XP Investimentos. Enquanto isso, começou a planejar sua recuperação, inclusive vendendo o avião da Americanas.

Agora, espera recuperação em 180 dias, podendo estender para mais 180, a fim de quitar todas as pendências.

 

Fonte: G1

Imagens: Aeroin, YouTube, TecnoBlog

 

Afastado do cinema e ligado ao presidente da Rússia, Steven Seagal treina soldados para guerra

Artigo anterior

Arábia Saudita tem área de rituais de 7 mil anos com ossos humanos e de animais

Próximo artigo