• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


As 5 coisas mais terríveis que o Coringa já fez com a Arlequina

POR Fabio João    EM Fatos Nerd      26/05/17 às 18h59

Por mais que as pessoas insistam em acreditar que Coringa e Arlequina formam um lindo e adorável casal, todos nós sabemos que não é bem assim. Os personagens, que possuem uma relação de suserano e vassalo disfarçada de romance, enganam muitos desavisado que viram Esquadrão Suicida. O filme tentou vender uma imagem totalmente diferente da verdadeira e irritou muitos fãs.

Até porque quem conhece o Coringa sabe muito bem que ele não passa de um completo louco e que a sua única obsessão é o Batman. Por mais que doa ler isso, a Arlequina para ele não passa de um saco de pancadas, na qual ele sempre desconta suas frustrações relacionadas ao Homem-morcego. Então para tentar esclarecer um pouco as coisas para vocês, separamos aqui os momentos onde o Coringa demonstrou todo o seu "amor" pela Arlequina.

1 - Ela sumiu por um ano e ele nem sentiu falta

É louco imaginar que apesar de tantos abusos a Arlequina permaneça ao lado do Coringa. Apesar de ser inconcebível para nós, dentro das histórias em quadrinhos isso é facilmente explicado. O Coringa era um dos pacientes da Dra. Harleen Frances Quinzel que destruiu completamente o psicológico dela, tornando-a completamente dependente dele. Contudo para o Coringa ela não fazia qualquer diferença, tanto que quando Arlequina descobriu estar gravida do Coringa, ela sumiu durante um ano para ter a criança e quando voltou o palhaço gangster não tinha nem sequer dado falta dela.

2 - Sua origem nos Novos 52

Como já dissemos anteriormente, Arlequina era apenas mais uma psicóloga no quadro de funcionários do Asilo Arkham até se apaixonar pelo impiedoso Coringa. A jovem médica, após se apaixonar perdidamente pelo palhaço louco de Gotham, passou por sua transformação em Arlequina, que a princípio consistia em apenas um pouco de maquiagem de palhaço em seu rosto e muita loucura. Essa origem se tornou completamente diferente nos Novos 52, e o que era antes uma escolha da médica apaixonada se tornou mais uma das formas abusivas do Coringa de tratar a pobre moça. Afim de descobrir até que ponto iria a lealdade de sua companheira, Coringa arremessa a então Dra. Harleen Quinzel em um tonel de produtos químicos, transformando-a em Arlequina de forma definitiva.

3 - Tortura física

Não bastasse a mudança na origem promovida pelos Novos 52, no reboot deu à Arlequina uma independência maior. Essa nova característica da personagem surge quando o seu amado Pudinzinho foi dado como morto. Arlequina ficou arrasada a princípio, mas logo foi convocada para fazer parte do Esquadrão Suicida e em pouco tempo isso se tornou a sua nova razão de viver. Bom, mas uma coisa que a gente aprendeu é que o Coringa nunca está 100% morto. Com a volta de seu amado, a Arlequina foi forçada a deixar o seu novo grupo e se unir ao seu antigo companheiro sob a ameaça de que se não o fizesse ele iria matar todos os seus novos amigos. Não satisfeito com a independência de Arlequina, Coringa tortura a jovem moça até quase mata-lá.

4 - Ele quase arrancou o rosto dela fora

Como se todos os outros itens dessa lista já não fossem provas suficientes para você acreditar que Coringa e Arlequina não formam um par romântico saudável, existe mais um agravante aqui. Certa vez o Coringa tentou arrancar a pele do rosto de sua companheira fora e, por mais cruel que isso possa parecer, a apaixonada Arlequina aceitou isso de bom grado. Felizmente a sua devoção foi suficiente para aplacar o desejo do Coringa.

5 - Coringa quis matar a Arlequina na frente do Batman

Em Batman #663 o Coringa foi levado para o Asilo Arkham após ter levado um tiro no rosto efetuado por um farsante vestido de Batman. Lá, impossibilitado de falar, ele arquitetou um plano para se vingar do Homem-morcego. Então, com a ajuda de Arlequina, ele começa a eliminar todos os seus capangas e faz com que a sua companheira atraia o vigilante de Gotham para aquele que ela acreditava ser um confronto final entre o Coringa e o Batman. Quando a situação se aproxima de seu momento crítico, a Arlequina percebe que o Batman estava ali para salvá-la e que os planos do Coringa eram na verdade de matá-la na frente de seu adversário.

Gostaram? Conhecem mais histórias abusivas envolvendo o Coringa e a Arlequina? Comenta aí.

Próxima Matéria
Fabio João
Acadêmico de jornalismo em formação, nerd inveterado, não importa se é Marvel ou DC o que importa é o fan service.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+