• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

As 7 pessoas mais bizarras do mundo

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      25/02/15 às 04h48

Algumas pessoas chamam a atenção por algumas de suas características consideradas peculiares ou por alguma questão de seu estilo de vida que se destaca.

Mesmo as pessoas que mantêm os hábitos mais estranhos, não se comparam a estas. Entenda porque elas são consideradas as mais bizarras do mundo:

1. O homem que carregava o feto do irmão gêmeo na barriga

indi

A barriga de Sanju Bhagat estava tão inchada que parecia a de uma gestante com nove meses e, por isso, mal podia respirar. O homem da cidade de Nagpur, India, disse que se sentiu constrangido toda a sua vida por causa da sua barriga grande. Mas uma noite em Junho de 1999, o seu problema resultou em algo muito maior do que a preocupação estética. Bhagat precisou de uma operação.

Enquanto era operado, o médico cortou mais fundo no estômago do indiano, foi então que litros de líquido foram derramados e, em seguida, algo extraordinário aconteceu. Em primeiro lugar, um membro saiu, depois outro. Em seguida alguma parte da uma genitália e cabelo.

À primeira vista, parecia que Bhagat tinha dado à luz. Mas na verdade, se tratava apenas do corpo do irmão gêmeo do homem encontrado dentro de seu estômago. O indiano sofria de uma anomalia extremamente rara, que ocorre quando um feto fica preso dentro de seu irmão gêmeo. O feto preso pode sobreviver como um parasita mesmo após o nascimento através da formação de uma estrutura semelhantes a um cordão umbilical que leva fornecimento de sangue de seu irmão gêmeo até que ela cresça e fique tão grande ao ponto de prejudicar o anfitrião.

2. O homem que vive no aeroporto desde 1988

mehran

Mehran Karimi Nasseri, também conhecido como Sir Alfred Mehran, é um refugiado iraniano que vive na sala de embarque do Terminal 1 do Aeroporto Charles de Gaulle desde 8 de agosto de 1988. Depois que ele foi preso, torturado e expulso de seu país, pediu asilo em muitos países europeus, mas não conseguiu.

Foi então que ele decidiu ir para o Reino Unido, alegando ter sido assaltado e que sua carteira foi roubada enquanto ele esperava na plataforma para ir para Aeroporto Charles de Gaulle pegar um voo para Heathrow. Nasseri conseguiu embarcar no avião, mas quando ele chegou em Heathrow sem a documentação necessária, oficiais ordenaram que ele fosse enviado de volta para Charles de Gaulle.

Nasseri era incapaz de provar a sua identidade ou o seu estatuto de refugiado aos oficiais franceses e assim ele foi transferido para a Zona d'attente (zona de espera), uma área reservada aos viajantes sem documentos. Nasseri teria sido a inspiração para o filme " O Terminal"..

3. O vivo-morto

dead

Lal Bihari, nascido em 1961, é um fazendeiro indiano que esteve oficialmente morto de 1976 a 1994. Ele fundou Mritak Sangh, a associação dos mortos em Uttar Pradesh, na Índia. Ele lutou contra a burocracia do governo indiano por 18 anos para provar que está vivo.

Quando o indiano tentou um empréstimo bancário, em 1976, ele descobriu que ele estava morto para os poderes públicos. O seu tio havia subornado um funcionário do governo para registá-lo como falecido para que assim pudesse obter a sua propriedade.

Bihari descobriu pelo menos 100 outras pessoas em situação semelhante, que estavam vivas, porém mortas oficialmente. Ele e os outros estavam em perigo de serem mortos de verdade por aqueles que tinham se apropriado das suas terras. Hoje a associação criada por Bihari conta com mais de 20 mil membros em toda a Índia.

4. O papa que se auto-elegeu papa

papa

David Allen Bawden, nascido em 1959, é um cidadão americano que foi eleito "o Papa Michael I" por um grupo de seis conclavis ou pós-sedevacantista católicos, argumentando que as eleições dos últimos 6 papas foram inválidas porque eles são todos modernistas.

O novo "papa" argumentou que, se o Colégio dos Cardeais não elege ou não pode eleger um papa válido, católicos comuns podem fazê-lo. Agindo com base no presente, David Bawden foi eleito Papa por seis pessoas em 1990 incluindo a si mesmo e seus pais.

5. O homem que fotografou e analisou todas as refeições durante 34 anos

gggg

Nascido em 26 de junho de 1928, o Dr. Nakamats, é o inventor japonês que reivindica deter o recorde mundial de número de invenções, com mais de 3.000 inventos. Ele já está fotografando e analisando cada refeição que consumiu durante um período de 34 anos. O objetivo de Nakamatsu é viver mais de 140 anos de idade.

6. O homem que comia tudo

roda

Michel Lotitom, nascido em 15 de junho de 1950, é um artista francês. Lotito, que nasceu em Grenoble, é famoso por consumidor de coisas indigestas. Como, por exemplo, vidro, borracha etc.

7. O homem que passou 28 anos escondido

yoki

Shoichi Yokoi era um soldado recrutado pelo Exército Imperial Japonês em 1941 e enviado para Guam logo depois. Em 24 de janeiro de 1972, Yokoi foi descoberto em uma seção remota de Guam por dois dos habitantes da ilha.

Por 28 anos, ele estava escondido em uma caverna subterrânea na selva, temendo sair do esconderijo mesmo depois de encontrar panfletos declarando que a Segunda Guerra Mundial tinha terminado.

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+