No final de agosto, o mundo foi impactado com a notícia da morte de Chadwick Boseman, o ator que ficou conhecido por dar vida ao Pantera Negra nos cinemas. No entanto, mesmo após sua morte, seu legado continua a ser compartilhado dentro e fora das telas, o que inclui outros filmes para além do Universo Cinematográfico da Marvel. No caso de um de seus últimos filmes, Crime Sem Saída, de 2019, Chadwick Boseman doou parte de seu salário para Sienna Miller para que ela recebesse um valor mais justo pelo trabalho.

Em uma entrevista recente à revista Empire, Sienna Miller, comentou sobre a generosidade do colega de trabalho. Assim, mesmo sendo o protagonista do filme, Boseman sempre se preocupou com a equidade do trabalho de ambos e lutou para que atriz recebesse um salário justo.

Boseman também convenceu a atriz a aceitar o papel no filme

Publicidade
continue a leitura

Por que Chadwick Boseman doou parte de seu salário para Sienna Miller?

De fato, não é novidade para ninguém que, em geral, as mulheres tendem a receber menos que os homens em trabalhos similares ou equivalentes. Por isso, essa questão também está presente em Hollywood e na indústria cinematográfica como um todo. Dessa forma, Chadwick Boseman doou parte de seu salário para Sienna Miller porque acreditava que seria o certo a se fazer. De acordo com Miller, dentro e fora dos sets de filmagem, Boseman se mostrou uma pessoa de generosidade incondicional.

Ainda segundo a atriz, Boseman foi fundamental para que ela se mantivesse no papel. Isso porque, no início, Miller não estava muito animada para aceitar o trabalho. Em sua carreira, ela já vinha em uma série de trabalhos muito exaustivos e estava trabalhando sem parar. No entanto, ela decidiu continuar no papel quando Boseman revelou que era um grande fã de seu trabalho.

Publicidade
continue a leitura

Para Miller, trabalhar com Boseman foi uma experiência única e inesquecível. "Este foi um filme de grande orçamento, e sei que todo mundo entende a disparidade salarial em Hollywood, mas pedi um número que o estúdio não iria conseguir", afirma Miller. Em seguida, ela continuou: "Chadwick acabou doando parte de seu salário para me levar ao número que eu havia pedido. Ele disse que era isso que eu merecia receber", continua. "Foi a coisa mais surpreendente que já experimentei. Esse tipo de coisa simplesmente não acontece", completa a atriz.

O legado do ator vai para além das telas

Por que Chadwick Boseman doou parte de seu salário para Sienna Miller?

Publicidade
continue a leitura

Segundo Miller, "é simplesmente incompreensível imaginar outro homem naquela cidade se comportando de maneira tão graciosa ou respeitosa". "Depois disso, contei essa história a outros atores meus amigos do sexo masculino e todos eles ficaram muito quietos e, ao voltarem para casa, provavelmente tiveram que sentar e pensar sobre as coisas por um tempo", afirma Miller.

Chadwick Boseman morreu em 28 de agosto desse ano, em decorrência de um caso de câncer de cólon. Assim, o ator passou por seus trabalhos mais intensos em seus momentos mais difíceis. Hoje, outros atores e diretores relembram momentos com Boseman e sempre lembram de como ele era especial. Para o diretor de Pantera Negra, Ryan Coogler, ele era "gentil, acolhedor, tinha a risada mais calorosa do mundo e olhos que enxergavam muito além de sua idade". De fato, bem como diz a saudação de Wakanda, lembraremos de Boseman "para sempre".

Publicado em: 21/10/20 12h42