Curiosidades

Como o sorvete é fabricado?

sorvete
0

O sorvete é uma paixão do brasileiro e está sempre presente nas sobremesas do dia a dia. Não é um mistério que esse doce é produzido por máquinas e, muitas vezes, em indústrias. Mas, você já se perguntou como exatamente o processo de fabricação do sorvete ocorre? Descubra agora.

Pixabay

O passo a passo da produção do sorvete

O processo de fabricação dos sorvetes começa com a mistura dos ingredientes. Todos os ingredientes necessários para a composição da mistura são pesados e misturados em ordem específica, para garantir que não haja qualquer problema com a textura final.

Ainda que a mistura vá passar por um processo de pasteurização, o leite adicionado nesta etapa já deve estar pasteurizado. A pasteurização consiste em um tratamento que elimina microrganismos nocivos à saúde e reduz os que possam estragar o produto. Para isso, o produto, seja o leite ou o sorvete, é aquecido a temperaturas de 70ºC por cerca de 30 minutos.

Com isso, o leite, os açúcares, a gordura e os aditivos alimentares, como estabilizantes e emulsificantes, são colocados em um grande tanque. Vale salientar que, aqui, falamos a respeito dos sorvetes produzidos em indústrias e não dos sorvetes artesanais.

Esse primeiro tanque agita a mistura, que depois vai para outro equipamento chamado homogeneizador, onde esses ingredientes continuam sendo misturados. Tal processo é realizado para reduzir e tornar uniformes as partículas de gordura da mistura e evitar que elas formem uma camada indesejada.

Aqui, a massa é forçada a passar pelos pequenos orifícios da máquina, em altas temperaturas. Passada essa parte, a mistura é submetida ao processo de pasteurização. O processo seguinte é colocar o produto em grandes tanques resfriados, onde ocorre o chamado amadurecimento.

O conteúdo é agitado por cerca de duas horas. Nesse momento são acrescentados outros ingredientes para dar cor e sabor ao sorvete. Passado esse processo, a mistura será batida lentamente enquanto é resfriada. O resfriamento nessa última etapa dura cerca de 24 horas.

TV TEM

Os pedaços de fruta ou chocolates são adicionados agora. Depois disso, o produto é envasado e segue para a parte final do congelamento. Nessa etapa, o sorvete permanece em temperaturas de -18ºC.

Curiosidades

O ideal é que, depois de comprado, o sorvete permaneça armazenado na mesma temperatura, embora isso nem sempre aconteça. Caso o freezer das nossas casas não consiga resfriar tanto assim, o sorvete já sai do congelador derretido e perde a consistência ideal.

No Brasil, o sorvete surgiu por volta de 1834, graças a dois comerciantes do Rio de Janeiro. Eles fabricavam os famosos “geladinhos”, que levam frutas. É claro que o produto fez o maior sucesso e, a partir daí, teve início o costume brasileiro de consumir sorvete.

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis) no início de 2019, o consumo per capita no país é de 5,44 litros/ano. No entanto, o país que mais consome a sobremesa é a Nova Zelândia. Mesmo se tratando de uma região fria, a população do país lidera o ranking de consumo de sorvete, com 28,3 litros per capita.

Cientistas construíram a menor antena do mundo com DNA

Matéria anterior

Os ”Portões do Inferno”, em chamas por décadas, está para ser extinto

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos