Curiosidades

7 tradições ao redor do mundo que surpreendem todos os viajantes

0

Viajar o mundo é o sonho de várias pessoas. É bastante comum nos depararmos com pessoas que trabalham o ano inteiro e, na primeira oportunidade, embarcam para outra cidade, outro estado e até país, buscando aproveitar e, é claro, conhecer outros modos de vida. O mais incrível em viajar é, sem sombra de dúvidas, conhecer outras culturas, outros climas e outros tipos de povos. Atualmente, no mundo, existem mais de 3,8 mil culturas diferentes e cada uma tem suas próprias peculiaridades. Rico mesmo é aquela pessoa que conhece o máximo de culturas possíveis. As tradições de cada uma podem nos surpreender e encher de conhecimento.

Embora  alguns grupos tenham deixado velhos hábitos e práticas para trás com o avanço da modernidade, existem ainda várias tradições um tanto “curiosas” que podem sem encontradas mundo afora. Algumas delas podem surpreender até mesmo os viajantes mais experientes. E pensando um pouco sobre isso, decidimos trazer essa matéria para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas dessas tradições. Confira conosco a seguir e compartilhe com seus amigos desde já.

Tradições capazes de surpreender até mesmo os viajantes mais experientes

1 – Fogueira de Páscoa, Alemanha

Uma noite anterior à Páscoa, as pessoas na Alemanha acendem enormes fogueiras em várias partes do país. Esse costume é bastante antigo e, com eles, os alemães dão boas-vindas à primavera, e fazendo isso, afastam os maus espíritos do inverno. Em determinadas partes, principalmente na Vestfália, uma grande roda de madeira é incendiada e rolada encosta abaixo para garantir uma ótima colheita.

2 – Assar dinheiro na comida, Bolívia

Já pensou como seria comer dinheiro junto com sua comida? É quase isso que fazem na Bolívia. Por lá, as pessoas marcam o fim do ano e dão boas-vindas ao ano novo, assando doces com recheios especiais. Eles colocam moedas por dentro. Acredita-se que, quem encontrar a moeda, terá sorte no ano vindouro.

3 – Atirar tomates, Espanha

La Tomatina é um festival espanhol marcado pelo costume das pessoas jogarem tomares umas nas outras. O festival não é tão antigo, visto que teve início em 1945. Hoje é realizado anualmente na última quarta-feira de agosto. A história começou quando algumas crianças estavam tentando chegar a um festival e acidentalmente trombaram em algumas pessoas e elas, em um acesso de raiva, começaram uma guerra com o vegetal. Existem algumas regras que precisam ser seguidas, como apertas os tomates antes de jogar e respeitar os outros, assim todos se divertindo.

4 – Tomar sorvete no inverno, Mongólia

No Ocidente, adoramos tomar sorvete nos dias quentes de verão, não é mesmo? Enquanto isso, na Mongólia, as pessoas preferem fazer isso durante os dias frios. Os vendedores de rua oferecem sorvete em caixas de papel, sem a necessidade de refrigeração, pois a temperatura pode chegar a -30°C.

5 – Escolher o destino ainda bebê, Coreia do Sul

Os coreanos dão um significado especial ao primeiro aniversário do bebê. Isso porque é o dia em que a criança decidirá o seu destino. Trata-se do ritual chamado “doljabi”. Vários objetos são colocados diante da criança, como livros, dinheiro e pincéis de pintura. A escolha poderá definir o futuro do pequeno. Por exemplo, se o bebê escolher o dinheiro, será rico; se escolher um livro, será inteligente.

6 – Pular da cadeira no Ano Novo, Dinamarca

A maioria dos países possui alguma tradição de Ano Novo. Em alguns, comem romã, sopa de lentilha, pulam ondas e etc. Na Dinamarca, pouco antes de o relógio soar meia-noite, as pessoas sobem em cadeira e se preparam para pular no segundo em que o ano começa. Acredita-se que se você não faz isso, terá azar.

7 – Cortar o cabelo uma vez na vida, vilarejo na China

Guangluo Red Yao é um vilarejo chinês, conhecido pelas mulheres com os cabelos mais longos do mundo. Elas costumam usar os cabelos enrolados sob lenços de cabeça. No entanto, durante algumas situações específicas, elas soltam, lavam e penteiam. O comprimento médio desses cabelos é de aproximadamente um metro. As mulheres do local deixam o cabelos crescer porque acreditam que isso traz vida longa. Elas só cortam uma vez na vida, aos 18 anos, e esse ato significa o rito de passagem e mostra que já podem se casar.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Todo ano 5.200 toneladas de poeira extraterrestre chove na Terra

Matéria anterior

O que não dizer quando alguém compartilha um problema que ocasionou um trauma

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.