• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Como surgiram a direita e a esquerda na história da política?

POR Leticia Rocha    EM História      20/09/18 às 15h06

Esquerda e direita são termos em alta atualmente. Talvez nunca antes os termos foram tão utilizados, quanto agora. Mas afinal, como e onde essas designações surgiram?

O termo político relacionado a direita e esquerda surgiu no século XVII, durante a Revolução Francesa. Desde esse período, os termos estiveram ligados à classes sociais econômicas, além de, é claro, posicionamentos políticos.

Ocorreu que durante uma das reuniões que pediam a revolução, os jacobinos se sentaram à esquerda, enquanto que os girondinos se sentaram à direita.

Jacobinos e Girondinos

Os girondinos, que faziam parte da elite, literalmente, não quiseram se misturar com os burgueses. Além disso, eles tinham um posicionamento mais conservador. Eles tinham como objetivo manter o poder na mão da elite, no entanto queriam abolir os privilégios da classe. E também garantir medidas para promover o bem estar individual.

Já os burgueses, jacobinos,  também defendiam o fim dos privilégios da nobreza. No entanto, eram favoráveis a luta dos direitos dos trabalhadores e dos mais pobres. Outra diferença é a busca pelo bem estar coletivo e não individualizado.

No entanto, esses moldes eram aplicáveis tal qual como descritos há séculos atrás. A estrutura política em todo o mundo sofreu grandes alterações e atualmente, não existem apenas os termos direita e esquerda, há muitos outros posicionamentos que perpassam e vão além desses.

Direita e esquerda atuais

Apesar de uma infinidade de termos e correntes políticas, a distinção básica entre esquerda e direita continua a ser amplamente utilizada. No entanto, o que se vê no cenário atual é uma completa polarização entre as pessoas que se denominam com posicionamentos diferentes.

O centro é também um posicionamento político, não tão usado ou conhecido, mas que correlaciona os dois termos. Pessoas que se denominam como do centro, defendem o capitalismo, mas também se preocupam com questões sociais. Às vezes se identificando mais com um dos lados, o que se chama de centro esquerda ou centro direita.

No entanto, apesar da grande gamas correntes e posicionamentos possíveis, o que se vê é uma completa polarização que vai além do não concordar e em alguns casos, fere a liberdade alheia.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+