• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o recurso escondido no Instagram que ajuda pessoas com depressão

POR Bruno Dias    EM Compartilhando coisa boa      20/03/19 às 17h26

O Instagram já tem um lugar especial no coração de muitas pessoas e é uma das redes sociais mais utilizadas no mundo atualmente, tanto para se conectar com pessoas, quanto para se conectar à empresas.

Ele, há algum tempo, deixou de ser apenas uma rede social de fotos e se tornou uma gigantesca vitrine de tendências de moda, comportamentos e até mesmo dicas de saúde, bem-estar e vários outros campos do cotidiano. E pelo que tudo indica, com o passar do tempo, ele também se tornará uma forte plataforma de vendas online.

Desde que surgiu o aplicativo, o mesmo já passou por algumas mudanças e várias coisas foram adicionadas a ele com a intenção de melhorar a experiência do usuário dentro dele. Recentemente, o Instagram lançou uma nova função em sua plataforma. Essa função oferece suporte aos usuários que procurarem por termos ou hashtags que são consideradas perigosas como por exemplo depressão, ansiedade e suicídio.

O que essa nova função faz é alertar a pessoa que está procurando por esses termos que o conteúdo que será exibido pode incentivar um comportamento danoso à própria pessoa e que pode levá-la até mesmo à morte. O objetivo é converter essas buscas, que podem ser um gatilho, a um suporte para a saúde mental do usuário. Hoje em dia, a saúde mental é um tópico bastante discutido e nada mais justo do que as plataformas com que os jovens têm mais contato e utilizam mais colocarem o seu poder de alcance para uma benfeitoria. A ideia é tentar ajudar e reverter um caso que poderia acabar de maneira trágica.

"Publicações com as palavras ou tags que você está procurando muitas vezes incentivam um comportamento que pode fazer mal a uma pessoa. […] Se você está passando por uma situação difícil, gostaríamos de ajudar", diz o Instagram.

Função

Essa função está disponível tanto na versão do aplicativo para os smartphones como na versão online. Quando a pessoa clica em "obter apoio" ela é levada à uma página com três alternativas opções: falar com um amigo, falar com um voluntário da linha de apoio ou receber dicas sobre saúde mental.

Se a pessoa escolher falar com um voluntário, ela será redirecionada a um agente especializado para atendê-la. Essa pessoa será alguém do Centro de Valorização à Vida (CVV), de telefone 141, e ela poderá começar um bate-papo ou enviar um email para algum voluntário do CVV. A iniciativa do CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973, mantenedora e responsável pelo Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio, desenvolvido pelos Postos do CVV em todo o Brasil. Através dos Postos espalhados por todo o país, seus membros prestam serviços voluntários e gratuitos de apoio emocional, oferecido a todos.

A outra opção que aparece que é "dicas e apoio" e tem dezenas de sugestões de como se ajudar, como por exemplo dicas de saúde mental como dar voltas ao ar livre, ouvir músicas, escrever o que está passando pela sua cabeça.

E segundo um estudo feito pela Sociedade Real para Saúde Pública, o Instagram é a rede social que mais faz mal para a saúde mental das crianças e adolescentes. Se você estiver precisando de uma ajuda psicológica ligue 141 de qualquer telefone.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+