• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Padre funda projeto e vai morar no lixão para ajudar pessoas

POR Toni Nascimento    EM Compartilhando coisa boa      20/03/19 às 17h21

O que você está fazendo para tornar o mundo melhor? Não estou tentando te colocar para baixo, muito menos te dizer o que deve fazer. Eu simplesmente quero que reflita sobre o que pode ser feito para tentar deixar o mundo um pouquinho melhor.

Ninguém está falando de grandes ações de salvação e abnegação. São pequenas atitudes que fazem toda a diferença. Às vezes, se levantar e ir levar um pouco de sopa a quem não tem o que comer no frio, já faz toda a diferença.

Agora que você refletiu um pouco sobre suas ações e escolhas, saiba que já existe gente lutando por um mundo melhor. Com bastante coragem e perseverança, elas conseguem inverter o jogo e salvar vidas com ações simples.

Uma dessas figuras importantes para tanta gente por aí é o padre Airton Freire de Lima. Ele fundou uma associação que beneficia mais de 2 mil pessoas a cada ano, principalmente em Pernambuco e no Ceará.

Padre Airton Freire

O padre Airton Freire de Lima veste a batina desde a década de 1980, e desde então está a disposição da comunidade, sempre ajudando a todos que pode de todas as maneiras que lhe são possíveis.

Há muitos anos atrás, em 1982, o padre Airton Freire de Lima se deparou com uma cena incomum e triste quando foi convidado por um grupo de jovens para conhecer um lixão, o de Arco Verde, no agreste pernambucano. Ele se deparou com famílias inteiras catando lixo para conseguir sobreviver.

Essas pessoas eram moradoras do lixão, e entre elas, estavam mulheres, idosos e crianças. Eles viviam, basicamente, em barracos de papelão, sem água, banheiros, luz elétrica e completamente desamparadas pelo Estado. Pior do que isso, elas estavam sujeitas a contrair todo tipo de doença.

Assim que o padre entrou em contato com tudo aquilo, ele resolveu celebrar uma missa no local. Em meio à missa, uma criança que estava sem comer há dias viu a hóstia e achou que era bolacha, o que fez com que a pequena fosse até ele para pedir um pouco para comer. Foi nesse dia, que o padre resolveu se mudar para viver com aquelas pessoas.

"Fui tocado de tal forma, que eu decidi morar com eles, viver com eles, para eles, a partir deles, como viveu Jesus", disse o padre em entrevista para a TV Globo.

Fundação Terra dos Servos de Deus

Em 1984, o padre fundou ali, no local, a Fundação Terra dos Servos de Deus. A associação tinha como objetivo atuar nas áreas da saúde, educação, moradia e capacitação profissional. Ou seja, era atender todas aquelas pessoas em suas necessidades básicas.

O projeto beneficia diretamente mais de 2.000 pessoas a cada ano, principalmente nos estados de Pernambuco e Ceará. A iniciativa inclui creches, um hospital, escolas, inserção profissional, atendimento médico e psicológico, fornecimento de cestas básicas, alfabetização de adultos, projetos esportivos e culturais para jovens, formação de empreendedores e concessão de microcrédito com orientação e assessoria para estruturação de atividades produtiva.

Isso é possível graças à doações de pessoas bem intencionadas e também de verbas conquistadas em programas sociais do governo. As pessoas que tiverem interesse em ajudar podem destinar parte do imposto de renda para a Fundação Terra.

E aí, o que você achou da ação desse padre? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que sabe o que está fazendo para tornar o mundo melhor, aquele abraço.

Próxima Matéria
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+