Conheça os 10 rituais mais chocantes da Índia

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Mundo Afora      02/04/15 às 22h16

A Índia é um país com uma cultura bastante plural e ainda muito ligada às raízes tradicionais. Por causa disso, muitas vezes algumas mentiras são contadas sobre o país e acabam viralizando na internet.

No entanto, outros costumes, embora pareçam inacreditáveis são reais e levantam bastante questionamentos. Conheça alguns deles:

1. Casamento Arranjado

i1

O mundo acabou, de maneira geral,  com a prática de casamentos arranjados no século 18, mas a Índia ainda está forte com a tradição. É simples: ao invés de pessoas escolhendo seus próprios parceiros, todo mundo faz isso por eles.

Sejam os pais, parentes distantes, amigos de parentes etc. Enquanto as pessoas estão mudando gradualmente as suas ideias sobre casamento, para algumas famílias, a seleção do próprio parceiro é uma das coisas mais chocantes que podem ser feitas, especialmente para uma mulher.

2. Crime de Honra

i2

Crime de honra é um dos rituais que mais chocam na Índia. Isso porque o casamento é considerado mais do que juntar duas pessoas no país, trata-se da união de duas famílias.

Uma pessoa não pode se casar fora da sua casta, comunidade, religião, condição social etc. Enquanto a rigidez diminuiu, em grande parte, muitas comunidades ou famílias são extremamente rigorosas sobre essas coisas.

Além de casamento, há muitas outras coisas com as quais os indianos costumam ser rigorosos, como o que vestir, com quem falar, por exemplo. São comuns as mortes por "desonrar" a família ou comunidade.

3. Dote

i3

Tradicionalmente, no momento do casamento, uma família se despede de sua filha com os presentes, principalmente na forma de jóias de ouro. No entanto, com o tempo, a prática foi alterada.

As famílias começaram a pagar o dote em dinheiro, propriedades e até mesmo em educação para o noivo, como um sinal de gratidão por se casar com sua filha.

Os dotes são praticados por pessoas, independentemente da sua religião. Além de  fazer com que o valor da mulher seja medido em termos de dinheiro,o dote também coloca uma grande pressão financeira sobre a família.

Muitas noivas são mortas ou torturadas por dote, enquanto suas famílias desamparadas cometem suicídio.

4. Feticídio e Infanticídio

i4

Com muitas famílias sob a pressão de dote, não é estranho que as mulheres sejam consideradas um fardo. Elas também podem ser consideradas uma ameaça para a honra da família, por não serem bonitas o suficiente para se casarem, ou ao serem estupradas.

Os homens, ao contrário, levam adiante o nome da família e trazem o dote. Por isso, o feticídio feminino é uma prática comum, que acontece nas cidades e famílias abastadas.

Além do aborto, eles optam até mesmo pelo infanticídio por afogamento o bebê no leite, alimentando-os com grandes quantidades de sal ou doces, ou enterrando-os vivos.

5. Casamento Infantil

i5

Na Índia, a idade adulta legal de uma mulher é de 18 anos e de um homem é de 21. No entanto, não é preciso que uma mulher alcance a idade adulta para se casar.

Embora o casamento infantil tenha sido proibido em 1929, e, desde então, as leis preventivas e suas revisões foram promulgadas, ainda acontecem muitos protestos contra, e alguns casamento continuam sendo realizados.

6. Lançamento de Bebê

i6

Um dos rituais mais terríveis da Índia é o de Lançar bebês, realizado principalmente por muçulmanos, embora os hindus também o pratiquem. Em algumas regiões do país, este ritual tem sido praticado há cerca de 700 anos.

Para ser abençoado, as pessoas participam de um ritual em que uma criança, de dois anos ou até menos, é deixado cair de uma torre de cerca de 50 pés, enquanto multidões permaneceram ao pé da torre para pegar o bebê.

Também há a crença de que o ritual traz boa sorte para a criança que está sendo jogada para baixo também.

7. Exorcismo por Casamento

i7

Os Indianos acreditam em espíritos, em muitos deles. O horóscopo também é muito levado em conta, com os seus vários aspectos, dia, linha, data, hora etc.

Assim, algumas mulheres podem trazer má sorte aos seus esposos, por isso é preciso exorcizá-las antes do casamento. O ritual de exorcismo consiste em casar a mulher com árvores.

Outra maneira de exorcizar uma mulher é casá-la com um animal em vez de uma árvore.

8. Kesh Lochan

i8

Um ritual muito popular na Índia é cortar o cabelo e oferecê-lo a uma divindade. As pessoas acreditam que essa é uma forma de agradecer ou agradar a Deus.

Algumas pessoas vão mais longe e ficam completamente carecas. Os santos e monges Jain praticam o ritual de ficar carecas arrancando os cabelos. Eles arrancam os fios por contra própria, ou mandam arrancá-los uma ou duas vezes por ano, como um sinal de renúncia dos prazeres mundanos e resistência à dor.

9. Auto-flagelação

i9

Autoflagelação é algo que é praticado não apenas na Índia, mas também no Paquistão e em Bangladesh durante Muharram. Muharram é o primeiro mês do calendário islâmico, e marca o aniversário da Batalha de Karbala, durante a qual o neto do Profeta, Hussein ibn Ali, foi morto, junto com 72 guerreiros.

Os muçulmanos xiitas do país participam de um luto em massa, como uma lembrança de seu sacrifício e do martírio. Uma parte deste ritual é auto-flagelação , onde o enlutado flagela seu próprio corpo nu usando correntes chamadas Matams, que muitas vezes têm lâminas de barbear. Eles se chicoteiam impiedosamente até que fiquem banhados de sangue.

10. Canibalismo e ráticas de Aghori

i10

Os santos ??Aghori de Varanasi são membros de uma seita hindu que adoram o Senhor Shiva como o deus supremo. Eles são conhecidos por seus rituais pós-morte e não consideram drogas, álcool e práticas sexuais não convencionais extremas como um tabu.

Eles moram em locais de cremação, banham seus corpos com as cinzas da cremação, usam ossos de cadáveres humanos para fazer tigelas ou jóias e até mesmo praticam relações sexuais com os corpos.

Veja também o indiano que está há 74 anos sem comer e beber água.

 

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+