Curiosidades

Conheça Robert Wadlow: o homem mais alto de todos os tempos

0

Você se considera uma pessoa alta? No Brasil, a média de um homem é de 1,73 centímetros e a de mulheres é de 1,60 centímetros. Nesta matéria, vamos te mostrar a história de Robert Wadlow, considerado o homem mais alto do mundo já registrado! 

Gigante

Robert Pershing Wadlow nasceu em 22 de fevereiro de 1918, na cidade de Alton, que fica no estado de Illinois, nos Estados Unidos. Seus pais eram Addie Johnson e Harold Wadlow, e ele era o filho mais velho do casal, que tinha 5 filhos. Quando ele nasceu, seus pais não imaginaram as grandes dificuldades que enfrentariam no futuro. 

Robert chegou ao mundo como uma criança normal, pesando em torno de 4 quilos. No entanto, não foi preciso muito tempo para que sua família percebesse que Robert crescia de forma desregulada. Quando tinha um ano de idade, ele já era maior do que todas as crianças de sua idade, e aos oito, o menino já era maior do que seus próprios pais. 

Para conseguir estudar com algum conforto, precisou ser fabricada uma cadeira especialmente para ele em sua escola, já que ele não cabia em nenhuma. Aos 13 anos, Robert media 2,23 metros de altura, e com 19, ele já era considerado o homem mais alto do mundo. Ele media 2 metros e 54 centímetros e calçava um sapato de numeração 70! 

Bem, a condição especial de Robert era devido ao aumento de tecido orgânico, em sua glândula pituitária. Era basicamente um tumor na parte que regulava diversos hormônios, incluindo o do crescimento. Por conta disso, ele nunca parou de crescer e essa condição lhe rendeu inúmeros problemas de saúde. Ele precisava de muletas para andar e tinha pouca sensibilidade nos pés. No entanto, ele nunca necessitou de cadeira de rodas para andar.

Fama

Apesar de ter falecido muito cedo, Robert fez muito sucesso por conta de sua altura. Ele era praticamente uma celebridade americana. Ficou conhecido principalmente por conta de uma turnê que realizou em 1936, junto com o Circo Ringling Brothers. No ano de 1938 ele também participou de outra turnê promocional com a INTERCO.

Suas apresentações faziam tanto sucesso que ele chegou a fazer shows no Madison Square Garden! Para realizar as performances, ele se recusava a se vestir como um personagem de circo, com aquelas roupas chamativas. Ele sempre optava por vestimentas comuns do seu dia a dia. Também jamais usou cartola e fraque, como era pedido pelos responsáveis da companhia em que ele se apresentava. 

Estudos e negócios

Mas Robert não pretendia passar sua vida viajando com o circo e fazendo apresentações. Assim, em 1936, ele se graduou na Alton High School e se matriculou na Shurtleff College, com a intenção de estudar direito, que era o seu sonho. Ele tentava conciliar os estudos com suas apresentações ao redor do mundo. 

Ele também viajava pelo país sendo modelo de uma marca de sapatos! A International Show Company, inclusive, fornecia sapatos gratuitamente a ele, além de, é claro, confeccioná-los em tamanho especial. Robert tinha uma certa preferência por esse tipo de trabalho, já que não gostava de ser considerado uma aberração, como era no circo. 

Reprodução

Infelizmente, sua vida foi interrompida muito cedo, devido a um incidente traiçoeiro que aconteceu durante uma de suas apresentações no circo. Em 4 de julho de 1940, durante uma apresentação no Manistee Nation Forest Festival, ele acabou se machucando após um equipamento, usado em sua perna, ferir seu tornozelo. 

Morte

Foi com esse pequeno ferimento que ele perdeu sua vida. Isso porque o machucado, que parecia até então inofensivo, se tornou uma grande infecção. Ele passou por algumas transfusões de sangue e cirurgias de emergência, mas seu estado de saúde só piorava e ele acabou não resistindo ao tratamento. Em 15 de julho de 1940, ele morreu enquanto dormia, aos 22 anos. 

Na época, ele media 2 metros e 74 centímetros e não havia qualquer sinal de que seu crescimento iria parar. O caixão em que ele foi enterrado tinha cerca de 3 metros de comprimento e precisou ser carregado por mais de 20 homens! Seu velório foi acompanhado por mais de 40.000 pessoas. Ele foi enterrado em uma cova de concreto sólido, para impedir que tentassem roubar seu corpo para estudos. Depois de sua morte, uma estátua em tamanho real foi feita e colocada no College Avenue, na cidade de Alton. A estátua, em sua homenagem, foi erguida em 1986.

Reprodução

Ele também ganhou uma outra estátua, que se encontra atualmente no Guinness Museum, perto das Cataratas do Niágara. Na verdade, existem mais de 20 estátuas dele espalhadas nos museus ao redor dos Estados Unidos.

Fonte: Aventuras na História

O caso da garota de 11 anos encontrada em mar aberto

Artigo anterior

Como os animais conversam?

Próximo artigo