De faxineiro a bilionário, conheça a história do criador do WhatsApp

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      12/08/14 às 23h39

Essa é uma das historias mais inspiradoras que já postamos aqui. Com a venda do WhatsApp para o Facebook por 19 bilhões de dólares, o ucraniano Jan Koum, um dos criadores do WhatsApp, passou a fazer parte de uma pequena parcela da sociedade, e do clube de bilionários do Vale do Silício. Segundo a revista Forbes, ele deve passar agora a ter um patrimônio equivalente a US$ 64 bilhões, em dinheiro e ações do Facebook.

Só que, diferente de outras personalidades do mundo da tecnologia, como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Larry Page, Koum veio de uma família pobre e passou por dificuldades na sua adolescência.

Jan Koum nasceu no dia 24 de fevereiro de 1976 em um vilarejo próximo a Kiev a capital da Ucrânia e foi para os Estados Unidos aos 16 anos com sua mãe. Nessa época, sua família entrou para o programa de assistência social para imigrantes e Koum tinha que ir semanalmente até o posto social de Mountain View para pegar um vale-alimentação que ajudava a pagar as contas de casa. O pequeno apartamento em que Jan morava também foi cedido pelo governo dos EUA.

A mãe de Koum trabalhava como babá, para sustentar a família. E Jan trabalhava como faxineiro em um supermercado para ajudar como podia. Poucos anos depois, Koum conseguiu uma vaga na Universidade de San Jose. Só que não chegou a concluir o curso. Entre 2000 e 2007 ele começou a trabalhar no Yahoo!, onde conheceu Brian Acton, com quem criou o Whats App.

Ambos sairam do Yahoo! em 2007. Acton tentou empregos em outras empresas do Vale do Silício, incluindo o Twitter e o Facebook, sem sucesso. Em 2009 a dupla teve a ideia de criar o WhatsApp, inicialmente com versão apenas para iPhone. Quando viram o tremendo sucesso, expandiram para Android o aplicativo cresceu rapidamente e alcançou 450 milhões de usuários esse ano.

[caption id="attachment_6426" align="aligncenter" ]Jan Koum em 2014 (Foto: Divulgação) Jan Koum em 2014 (Foto: Divulgação)[/caption]

Alguns dados sobre o WhatsApp

- 450 milhões de usuários, dos quais 72% usam o aplicativo todos os dias.

- 32 pessoas trabalham na engenharia do software.

- 50 bilhões de mensagens são processadas diariamente.

- 500 milhões de fotos processadas por dia

- Nunca investiram nenhum centavo em divulgação/marketing.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+