Curiosidades

Depois de 17 anos, prédio residencial mais alto da União Europeia fica pronto

0

O mundo é bem grande e é claro que existem coisas nele que as pessoas deixam de lado com o tempo. Como por exemplo prédios. Em quase todas as cidades existem prédios abandonados que normalmente estão em péssimo estado e tem uma aparência estranha. Muitos edifícios são abandonados e novos empreendimentos são construídos, tudo de acordo com as necessidades da população.

Atualmente, por conta das maravilhas da engenharia moderna, as construções têm um ritmo acelerado no mundo todo. E, a cada dia, os construtores batem recordes de prazos de entrega. Elementos prontos e tecnologias avançadas garantem a agilidade.

Contudo, nem todas as construções modernas são feitas tão rapidamente. Como por exemplo, esse prédio residencial que é o mais alto da União Europeia. Ele foi terminado depois de 17 anos de construção e vários contratempos.

Prédio

Predio1 1200x669, Fatos Desconhecidos

O arranha-céu chamado Intempo fica localizado no resort Costa Blanca, em Benidorm, uma cidade turística da Espanha. Ao todo, a estrutura possui 47 andares, 256 apartamentos e 198 metros de altura.

Além de ser o prédio residencial mais alto da União Europeia, também é dono do elevador mais rápido da Espanha. O aparelho sobe a uma velocidade de quatro metros e 20 centímetros por segundo e pode ir do térreo até o último andar em impressionantes 52 segundos.

O edifício tem duas torres gêmeas que são ligadas no topo por uma estrutura no formato de um diamante. Nela também existem apartamentos, que são os da cobertura. Eles chegam a custar aproximadamente dois milhões de euros, o que é cerca de 12 milhões e trezentos mil reais. E o preço dos apartamentos nos outros andares começa em 257 mil euros, ou 1 milhão e seiscentos mil reais.

Tempo

Predio2 1024x768, Fatos Desconhecidos

O Intempo tem 13 mil metros quadrados de áreas comuns e fica a 200 metros da praia de Poniente. O ponto mais alto do prédio é o 47° andar. Nele existem áreas comuns que vão abrigar um bar de coquetéis e quatro jacuzzis.

Segundo estimativas dos gerentes do prédio, aproximadamente 800 pessoas vão se hospedar no estabelecimento na época de alta temporada.

O empreendimento começou a ser construído em 2004, e desde então foi comprado e vendido por várias empresas. Atualmente, pertence ao fundo SVPGlobal. Eles pagaram 60 milhões de euros, quase 370 milhões de reais, para comprar as dívidas do prédio.

Depois de problemas decorrentes da crise financeira espanhola, concluir as obras do prédio residencial mais alto da UE em 2021 não parecia ser uma coisa possível por conta da pandemia. No entanto, mesmo assim os trabalhos foram finalizados e o estabelecimento vai começar a receber visitas e possíveis compradores.

When you get another day-off, but suddenly canceled

Matéria anterior

Antiga estrada romana foi descoberta embaixo das ondas de Veneza

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos