Entretenimento

Descubra os valores que os influencers cobram por publicidade no Instagram

0

Não é nenhuma novidade que a contratação de influencers para campanhas publicitárias tem crescido muito. Com isso, o orçamento destinado à elaboração dessas campanhas também fica cada vez maior, assim como o cachê destinado aos famosos contratados. A campeã do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire, por exemplo, cobra até R$ 400 mil por publicidade no Instagram. 

Os R$ 400 mil são pagos para que ela faça um post no feed da rede social e três séries de stories. Ou seja, se fizer quatro trabalhos neste valor, a vencedora do BBB já supera o prêmio de R$ 1,5 milhão que ganhou do programa da TV Globo. Segundo agentes do mercado, o cachê alto seria em razão da agenda requisitada de Juliette. 

Instagram

No momento, ela está fechando apenas contratos de seis meses, por valores menores: cerca de R$ 100 mil por sequência de stories e R$ 200 mil por um post. Os preços são aproximados, pois cada marca tem uma negociação com a influencer, de acordo com a campanha a ser realizada.

Por que os influenciadores são tão procurados?

As publicidades das marcas com grande presença nas redes sociais são, na maior parte, feitas com influencers. Isso se dá porque a chance dos seguidores adquirirem um produto anunciado por uma personalidade nas redes é alta, dada a relação de identificação entre o fã e o consumidor.

No entanto, o processo não se resume ao desejo da marca de contratar a celebridade ou subcelebridade. Eles têm que observar se a parceria proposta combina com o perfil de cada um e, só depois, aceitam o trabalho. Além disso, quanto mais seguidores, mais caro se torna o cachê da personalidade.

influencers

Instagram

Segundo pesquisa da agência de marketing de influência MField feita nas redes sociais em abril de 2021, 19,8% dos 17.590 respondentes disseram comprar algo porque determinado influenciador usa. Também há quem compre para ajudar o influenciador (7%) e porque o veem como referência no ramo do produto anunciado (23,7%).

Os cachês dos influencers brasileiros

Com quase o dobro de seguidores de Juliette, a cantora Anitta (que tem 60 milhões de pessoas que a seguem no Instagram) também chega a cobrar até R$ 400 mil por publicidade em seu perfil na rede. Os trabalhos da cantora nas redes tendem a girar em torno de R$ 300 mil pelo combo de post e stories.

Instagram

A atriz Bruna Marquezine, com 42,3 milhões de seguidores, cobra R$ 200 mil. Isis Valverde, com 27,6 milhões de seguidores, pede R$ 100 mil. A também ex-BBB 21 Sarah Andrade, com 8,4 milhões de seguidores, cobra de R$ 35 mil a R$ 40 mil pelo combo de um post combinado com uma série de stories. A faixa é a mesma cobrada pela participante do BBB 20 Mari Gonzalez, com 10,6 milhões de seguidores, e pelo humorista Júlio Cocielo, com 17,7 milhões de seguidores.

Thaynara OG, com 5 milhões de seguidores, cobra cerca de R$ 85 mil pelo combo básico no Instagram. Eduardo Camargo (Edu) e Filipe Oliveira (Fih), do Diva Depressão, com 2 milhões de seguidores, têm um custo de cerca de R$ 30 mil. Flavia Pavanelli, com 18,6 milhões de seguidores, cobra R$ 25 mil. Lorelay Fox, com 687 mil seguidores, está na faixa dos R$ 10 mil.

influencers

Instagram

No geral, influenciadores com números mais baixos de seguidores ganham um valor bem menor do que aqueles que colecionam milhões de fãs que os acompanham. Aqueles que têm até 20 mil seguidores cobram R$ 1.200 pelo combo de post e stories no Instagram. Já os que têm de 20 mil a 100 mil seguidores ganham cerca de R$ 5 mil pela publicidade.

Já os influencers que colecionam de 100 mil a 1 milhão de seguidores costumam cobrar valores próximos de R$ 8 mil pelo serviço. Aqueles que têm mais de 1 milhão de seguidores recebem R$ 12 mil pelo combo de stories e post, enquanto os que ultrapassam os 3 milhões de seguidores ganham entre R$ 20 e R$ 22 mil pela publicidade realizada na rede social.

O aquecimento do mercado, impulsionado pela pandemia, é observado também nos dados das redes. De acordo com o Facebook, de 2019 a 2020, o número de criadores de conteúdo que ganham o equivalente a US$ 10 mil (R$ 50,4 mil) por mês cresceu 88%, e dos que ganham US$ 1 mil (R$ 5 mil) por mês cresceu 94%.

Fonte: O Tempo

As polêmicas da Família Real da Espanha

Matéria anterior

Rainha Elizabeth II não consegue mais passear com cães, afirma jornal

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione nosso aplicativo web. Não vai ocupar espaço no seu telefone e você recebe as notificações de novos conteúdos.
Install
See this post in...
Fatos Desconhecidos
Chrome
Add Fatos Desconhecidos to Home Screen
Close

For an optimized experience on mobile, add Fatos Desconhecidos shortcut to your mobile device's home screen

1) Press the share button on your browser's menu bar
2) Press 'Add to Home Screen'.
Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications