Curiosidades

Elon Musk pede uma pausa na inteligência artificial devido a ”riscos profundos”

0

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia que dá às máquinas a possibilidade de terem conhecimentos através de experiências, e permite que elas se adaptem ao seu meio e desempenhem tarefas quase da mesma maneira que um ser humano faria. A princípio, isso é uma ótima ideia. No entanto, ninguém sabe ao certo até onde essa tecnologia pode nos ajudar ou então ser a nossa ruína.

Assim, algumas pessoas parecem estar ficando preocupadas com a presença da IA cada vez maior na sociedade. Uma dessas pessoas é Elon Musk. Tanto é que o bilionário e mais 2.600 líderes e pesquisadores do setor de tecnologia se juntaram e assinaram uma carta pedindo que fosse feita uma pausa temporária no desenvolvimento da inteligência artificial.

Eles pediram essa pausa por conta de acreditarem que “riscos profundos para a sociedade e a humanidade” possam estar relacionados com essa tecnologia. Outro grande nome assinou a carta além de Musk, Steve Wozniak, o cofundador da Apple.

Pausa no desenvolvimento

Dia de ajudar

Quem publicou a carta com o pedido foi o Future of Life Institute (FOLI), que é uma instituição de pesquisa com sede nos EUA, no dia 22 de março. A convocação feita pelo instituto foi para todas as empresas de inteligência artificial para que elas pausassem imediatamente o treinamento de sistemas de IA que eram mais poderosos do que o GPT-4 durante seis meses.

O argumento usado para esse pedido foi que “a competição de inteligência com os humanos pode representar riscos profundos para a sociedade e a humanidade”.

“A inteligência artificial avançada pode representar uma mudança profunda na história da vida na Terra e deve ser planejada e gerenciada com cuidado e recursos proporcionais. Infelizmente, esse nível de planejamento e gestão não está sendo adotado”, defendeu o instituto.

O GPT-4 foi lançado no dia 14 de março e é a versão mais recente do chat que é baseado em inteligência artificial da OpenAI. Ele conseguiu passar em algumas das provas mais exigentes do ensino médio e do curso de direito dos EUA, conseguindo uma nota que o colocava entre os melhores.

Inteligência artificial

Yahoo

Na visão da FOLI, existe uma corrida entre as empresas de inteligência artificial que está fora de controle para ver quem consegue desenvolver a IA mais poderosa que tenha um resultado que “ninguém – nem mesmo seus criadores – pode entender, prever ou controlar de forma confiável”.

Justamente por isso que a carta pedindo a pausa no desenvolvimento pontua que isso poderia fazer com que as máquinas inundassem os canais de informação com propagandas e falsidades, além de também alegarem que existe a possibilidade de elas automatizarem todas as oportunidades de emprego.

Como se isso não bastasse, a FOLI também sugeriu que os produtos dessas empresas podem levar a humanidade para uma ameaça existencial. “Devemos desenvolver mentes não humanas que possam eventualmente nos superar em número, ser mais espertas, tornando as nossas mentes obsoletas e nos substituir? Devemos arriscar perder o controle sobre a nossa civilização? Tais decisões não devem ser delegadas a líderes tecnológicos não eleitos pelo público”, disse a carta.

O instituto também respaldou a declaração feita por Sam Altman, fundador da OpenAI, que é preciso uma revisão independente antes do treinamento desses futuros sistemas de inteligência artificial.

Divergências

Ecommerce Brasil

Mesmo que vários nomes tenham assinado a carta, não foram todos os especialistas em inteligência artificial que compartilharam do mesmo pensamento. Um deles foi Ben Goertzel, CEO da SingularityNET. De acordo com ele, os modelos de aprendizado de linguagem que são usados hoje em dia em projetos como o ChatGPT não irão se tornar inteligência artificial geral (AGI).

Além disso, ele também argumentou que nesse ponto existem bem poucos projetos sendo desenvolvidos. Por isso defendeu que o que deve ser descartado é o desenvolvimento de armas biológicas e nucleares, não de inteligência artificial.

Fonte: Exame

Imagens: Dia de ajudar, Yahoo, Ecommerce Brasil

Cientistas indicam que intensidade de explosões solares está aumentando

Artigo anterior

Meta revela preços de selo verificado para Instagram e Facebook

Próximo artigo