Curiosidades

Entenda o caso das agulhas encontradas no meio de frutas ao redor do mundo

0

Quando dizem que nesse mundo há louco pra tudo, estão falando muito sério. Alguém ou algumas pessoas, ainda não se sabe ao certo, estão inserindo agulhas em morangos. Um homem, na Austrália, chegou a ser internado depois que engoliu uma agulha.

Atualmente a polícia está investigando mais de 100 casos a respeito. O problema que inicialmente só estava ocorrendo com morangos, passou a ser relatado em outras frutas.

Principais casos

Os casos se tornaram públicos, após um post no Facebook. O homem contou que seu amigo precisou ser hospitalizado, após engolir o objeto. Após o ocorrido, outros casos semelhantes ocorreram. Não só agulhas foram encontradas, mas também alfinetes.

Uma criança de 7 anos de idade, também mordeu um dos morangos adulterados. Por sorte, ela não engoliu o objeto. Muitos outros casos passaram a ser relatados na polícia e agulhas também foram encontradas em bananas e maçãs.

A polícia suspeita que esse aumento no número de casos começou a crescer porque há pessoas copiando a “invenção”.

Combate ao crime

Em resposta a esse grave problema, os morangos australianos estão sendo retirados das prateleiras. O recomendado é que ninguém compre enquanto não houver um novo lote da fruta.

O governo também tem alertado aos moradores, para que piquem as frutas antes de consumi-las. Isso diminui as chances de objeto passar despercebido e acabar sendo engolido.

O vice-presidente da Associação de Produtores de Morango de Queensland, que fica na Austrália, repudiou os atos. Segundo ele, o problema afeta toda uma rede de trabalhadores, que podem até mesmo perder seus empregos. Segundo ele, existe toda uma cadeia de trabalho que gira em torno desse produto e que agora, está sendo extremamente prejudicada.

A polícia está em busca do responsável pelo crime. Além disso, o governo também alterou a lei que trata sobre a adulteração de alimentos. A pena máxima aumentou de 10 para 15 anos. Foi realizada uma tentativa de frear o aumento dos casos e tornar mais severa a lei.

Uma recompensa no valor de 55 mil libras esterlinas será dada a quem conceder informações sobre o responsável pelo crime.

Essa é a origem da expressão ‘dor de cotovelo’ que quase ninguém conhece

Matéria anterior

Estudo diz que mulheres que demoram mais para se casar são mais inteligentes

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.