• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estudo diz que mulheres que demoram mais para se casar são mais inteligentes

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      26/09/18 às 16h36

A medida que envelhecemos as cobranças tendem a aumentar significativamente. E para as mulheres, as coisas são ainda piores. Chegar aos 30 anos sem ainda ter se casado, para muitas pessoas que ainda vivem como se ainda estivéssemos no século XVIII, é um completo absurdo.

Entretanto, uma nova descoberta da ciência pode mostrar que na verdade as coisas não são bem assim. As mulheres que demoram mais para se casar são mais inteligentes do que as demais. Ao menos é o que concluiu esse estudo realizado por diversas universidades da Grã-Bretanha. A pesquisa realizada durou cerca de 40 anos.

O estudo

Durante quatro décadas, cerca de 900 pessoas, dos 11 anos até chegar a vida adulta, foram analisadas. Os pesquisadores então puderam concluir que mulheres que chegaram mais longe nos estudos e que estavam melhor posicionadas no mercado de trabalho passam mais tempo solteiras, quando comparadas com as demais mulheres que não estejam no mesmo nível intelectual ou posição que elas.

Assim, as mulheres demorariam mais para se casar porque são mais seletivas e exigentes em suas decisões. Elas não estão apressadas para escolher alguém com quem irão se casar. Além do mais, a pessoa que for dividir a vida com elas deve preencher certas características. Sem falar na questão da independência.

Vida amorosa vs. Vida profissional

Outro ponto observado pelos pesquisadores é que as mulheres demoram mais a se casar porque estariam dedicando mais tempo de suas vidas a sua preparação profissional. Deixando um pouco o campo sentimental e a vida amorosa de lado. Já os homens apontaram um resultado diferente.

Quando se tratam dos homens, o estudo apontou o contrário. Quanto mais títulos acadêmicos e posição de destaque no mercado de trabalho, mais rapidamente eles se casam. De acordo com especialistas, os homens fazem suas escolhas guiados por razões subjetivas e pelas características que atribuem à suas mães.

O mais importante é compreender que devemos estar felizes com nossas próprias escolhas. Ninguém precisa se encaixar em um padrão e as coisas funcionam para os indivíduos de formas distintas. Sejam homens ou mulheres, casados, solteiros, divorciados etc., o importante mesmo é sermos felizes!

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   UPSOCL  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+