• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Entenda o mistério por trás das 54 mãos decepadas que foram encontradas na Rússia

POR Jesus Galvão    EM Mistérios & Horror      14/03/18 às 14h51

Recentemente um saco contendo cerca de 27 pares de mãos humanas foi encontrado em um rio em Khabarovsk, na Sibéria. Especula-se que os restos mortais sejam advindos de um descarte feito de forma irregular por um laboratório forense. Os investigadores ainda não sabem de quem sejam as mãos, e foram coletadas as digitais para uma possível identificação.

De acordo com o site "Siberian Times", primeiramente foi localizado uma mão decepada em uma ilha banhada pelo rio Amur. Logo em seguida, no mesmo local foram achadas outras cinquenta e quatro, pareadas lado a lado na neve. A ilha onde elas foram encontradas é habitada por cerca de 500 mil moradores, e fica próximo a fronteira do país vizinho, a China.

Devido ao grande mistério, a população da cidade ficou assustada com o ocorrido. E logo os rumores tomaram conta. Alguns acreditavam que o descarte poderia ter sido feito por organizações criminosas, ou até mesmo pelo país vizinho. As mãos seriam fruto da punição por roubo ou de misteriosas amputações médicas. Além das mãos foram encontrados outros itens como curativos e protetores hospitalares de calçados.

Possível explicação

De acordo com o Siberian Times, é comum que os laboratórios forenses cortem as mãos dos corpos não identificados para reter informações como as digitais depois que os corpos já foram enterrados. A polícia continua a investigar o caso para tentar identificar qual laboratório teria feito o descarte do material.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem abaixo seus comentários e não se esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   IFL Science     UOL     MDIG  
Imagens MDIG
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+