• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Essa câmera voltou para sua dona depois de ficar 2 anos perdida no mar

POR Natália Pereira    EM Entretenimento      02/04/18 às 19h41

As pessoas são desatentas e isso faz com que elas percam suas coisas o tempo todo, seja em uma viagem ou até mesmo em suas próprias casas. E, para falar a verdade, apesar de ninguém gostar de perder suas coisas, a maioria acaba se conformando com o fato de que provavelmente não reencontrará o seu pertence. Mas, vez ou outra, o universo parece conspirar para que isso aconteça, mesmo depois de muito tempo. E foi exatamente isso que aconteceu com essa câmera perdida.

E, mais uma vez, o Facebook se mostrou uma ótima ferramenta para a interação entre as pessoas, resultando em algum tipo de auxílio. Já que, assim que foi encontrada, o homem acabou utilizando a rede social para ir atrás do seu verdadeiro dono. E, acredite ou não, ele obteve sucesso em sua busca em apenas um dia. A dona original, Serina Tsubakihara, acabou se manifestando e relatou sua surpresa ao reencontrar a câmera.

A trajetória da câmera

Serina Tsubakihara era uma estudante japonesa que resolveu passar as férias com os amigos na ilha de Ishigaki, no Japão. E, quando estava mergulhando, um de seus amigos ficou sem ar e precisou de sua ajuda. Isso fez com que ela acabasse deixando a sua câmera cair e, consequentemente, se perdesse no mar. Mas, a viagem da câmera não parou por aí. Ela acabou parando a cerca de 250 km a leste de Taiwan, em uma praia, onde foi encontrada por algumas crianças do ensino fundamental.

O menino de 11 anos que a encontrou estava participando de uma limpeza na praia naquele dia e, inicialmente, ela poderia ser confundida com uma simples rocha. A capa protetora da câmera estava completamente coberta por cracas e conchas, permitindo a fácil confusão, mas ainda sim acabou chamando a atenção do garoto. E, mesmo achando que ela estaria estragada devido o seu estado, eles acidentalmente descobriram o botão da caixa e ficaram surpresos ao perceberem que ela ainda estava em ótimas condições. Além disso, eles acabaram conseguindo ligá-la.

A publicação

Depois que o dia de limpeza na praia acabou, os alunos voltaram para a escola, levando a câmera com eles. O seu professor, Park Lee, acabou conversando com eles sobre o destino que dariam para aquele achado. E, apesar de alguns terem entendido que haviam ganhado uma nova câmera, alguns sugeriram que era melhor buscar por seu dono. E foi exatamente isso que eles fizeram.

Mas, para que isso fosse possível, eles precisavam olhar as imagens presentes na câmera. E, apesar de terem ficado em dúvida sobre isso no início, acabaram concluindo que essa era a única opção. Depois de analisarem as fotografias, eles acabaram percebendo que as fotos foram tiradas no Japão e concluiram que o seu dono provavelmente seria de lá. Por isso, quando foram publicá-las, escreveram o seu texto em chinês e japonês.

O resultado

Por mais surpreendente que isso tenha sido para o próprio professor, responsável pela publicação, a mensagem acabou sendo compartilhada cerca de 10 mil vezes em apenas um dia. E, de alguma forma, acabou trilhando seu caminho de volta para sua dona, Serina Tsubakihara. E, mesmo tendo se perdido em setembro de 2015 e continuado dessa forma por mais de 2 anos, não demorou para que os amigos de Serina reconhecessem as imagens postadas.

A jovem declarou o seu agradecimento aos estudantes e ao professor, afirmando que as imagens a traziam recordações antigas. E, além disso, Serina disse em sua reportagem a BBC que pretende viajar para Taiwan em junho deste ano para agradecer pessoalmente por terem devolvido sua câmera. Esse reencontro inesperado e a mobilização destas crianças, juntamente com seu professor, nos faz pensar como tudo está interligado. Afinal, algumas coisas parecem acontecer de forma misteriosa e mágica. Se não fosse assim, Serina provavelmente nunca veria sua câmera novamente, concordam?

Próxima Matéria
Via   BBC     G1  
Imagens GoogleMaps G1
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+