Curiosidades

Essa obra de arte foi vendida por 382 milhões de reais em um leilão. Mas ela não existe na vida real

0

Obra de arte é o termo utilizado para designar uma composição criada e avaliada por sua função artística. Do mesmo modo que é um produto que transmite uma ideia ou expressão da pessoa habilidosa que a fez. Algumas imagens podem levar dias, meses ou até mesmo anos para serem feitas. A arte tira as pessoas do mundo e celebra a criatividade.

Dizem que a arte não foi feita para entendermos e sim para sentirmos. As obras geralmente carregam os segredos mais ocultos das almas dos artistas. E isso é o que leva as pessoas a tentarem decifrar o que há por trás delas. Entre retratos pacíficos e peças de arte calmas e delicadas, existem pinturas antigas assustadoras que arrepiam os cabelos de qualquer um.

Nós estamos acostumados com obras de arte que existem no mundo físico. Mas isso está prestes a mudar. Até porque, o primeiro leilão de uma obra de arte puramente digital foi feito pela casa de leilões Christie’s, esse mês. O mais impressionante foi o valor pelo qual essa obra foi arrematada. Foram 69 milhões de dólares, cerca de 382 milhões de reais. A obra foi feita pelo artista Mike Winkelmann, conhecido como Beeple.

Obra

Obra, Fatos Desconhecidos

Essa obra foi vendida como um NFT, ou seja, um Non-fungible token, “token não fungível” traduzido, que é um identificador único de propriedade de objetos não físicos. Como por exemplo o caso de uma arte digital.

Essa é a última moda em tecnologia que ficou popular nas últimas semanas. O artista cria uma obra de arte digital todos os dias. E Beeple já vendeu os primeiros cinco mil dias, equivalentes a 13 anos, do seu trabalho.

Por conta de todas essas vendas, Beeple está entre os três artistas vivos mais procurados, de acordo com o informado pela Christie’s. Essa obra feita por ele é a primeira obra de arte NFT a ser vendida por uma grande casa de leilões. Além disso, a venda também estabeleceu um novo recorde em arte digital.

De acordo com a Christie’s, o NFT era uma garantia da autenticidade da peça e de que eles aceitariam criptomoedas como forma de pagamento. A obra de arte é uma colagem de coleção de milhares de imagens individuais que Beeple começou a fazer todos os dias desde o começo de 2007.

Artista

Obra2, Fatos Desconhecidos

Várias das peças individuais que ele faz são surreais ou assustadoras. E ele também usa uma grande variedade de programas artísticos e técnicas digitais.

Quando o leilão de sua obra iria acontecer ele chamou atenção já nos dias anteriores. Isso porque as apostas ultrapassavam 10 milhões de dólares já no começo da semana. E no último dia do leilão o valor inesperado e grandioso de 69.346.250 de dólares foi alcançado.

Segundo a Christie’s, um número recorde de 22 milhões de pessoas assistiram aos momentos finais do leilão na transmissão feita pela internet. Depois da venda feita por esse valor exorbitante, Beeple comemorou tuitando uma série de palavrões.

“O trabalho será entregue diretamente pelo Beeple ao comprador, acompanhado por um NFT exclusivo e criptografado”, disse a Christie’s.

Os tokens exclusivos permitem que o valor seja atribuído à arte digital e podem ser vendidos e negociados de maneira parecido com o que é feito com a arte física como uma forma de investimento.

“A arte digital tem uma história que remonta à década de 1960. Mas a facilidade de duplicação tornou quase impossível atribuir procedência e valor ao meio”, explicou a Christie’s.

E os NFTs ganharam força nas últimas semanas. E talvez sejam um futuro que a arte pode percorrer.

Máscara de luxo foi projetada para evitar acnes e mau hálito

Matéria anterior

16 sósias de celebridades mais parecidos do mundo, e alguns nem tanto

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos