Entretenimento

Essas restaurações de obras de arte deram muito errado!

0

As restaurações malfeitas de obras de arte ganharam a internet nos últimos anos. É comum vê-las em páginas de memes com montagens e frases divertidas. Mas o que é engraçado para uns, para outros é uma enorme perda, tendo em vista que algumas dessas peças são seculares e fazem parte da história da humanidade. 

A falta de um profissional adequado para realizar as restaurações de maneira correta é com certeza o maior erro que acomete as obras. Por isso vemos pinturas borradas ou esculturas que adquirem outras formas. No entanto, algumas dessas falhas ficam tão famosas que turistas passam a ir ao local apenas para ver aquele item danificado. 

A seguir separamos essas restaurações de obras de arte que deram muito errado, confira: 

Ecce Homo

O ante e depois da obra que se tornou conhecida em todo o mundo pela falha na restauração.

Essa foi uma das restaurações mais catastróficas já divulgadas. Tudo aconteceu no Santuario de la Misericordia, em Borja, na província de Saragoça, Espanha. Cecilia Giménez tinha 81 anos e trabalhava no local, quando, em 2012, resolveu pintar as falhas do afresco de Elías García Martínez, o renomado pintor espanhol do final do século 19. Contudo, o plano deu muito errado e o “antes e depois” da tela ganhou fama internacional.  A obra virou motivo de piada e até memes. Por conta do resultado diferente do que se esperava, o Santuário atraiu vários turistas que queriam ver a tela restaurada. De acordo com o jornal The Guardian, a vila, que possui apenas 5 mil habitantes, recebe anualmente mais de 16 mil visitas de fora. Um verdadeiro sucesso! 

Menino Jesus de argila

A cabeça feita de argila que substituía a anterior vandalizada.

Sempre vandalizavam essa estátua do Menino Jesus em uma igreja do Canadá. Foi então que a artista local, Heather Wise, se ofereceu para criar uma peça temporária apenas para a cabeça do menino Jesus, que foi arrancada. O problema é que ela usou um material diferente. O caso aconteceu em Sudbury e logo que foi divulgado pela imprensa viralizou nas redes. Além da coloração muito diferente, o formato do rosto de Jesus também ficou muito destoante do resto da peça. Eventualmente, os internautas passaram a comparar a escultura com a personagem Maggie Simpson. O padre da igreja afirmou que, para substituir a estátua inteira, seriam necessários até 10 mil dólares canadenses (mais de R$ 23 mil). 

Imaculada Conceição 

Imaculada Conceição antes e depois das duas restaurações. Foto: Europa Press via Getty Images

Esse quadro se chama “Imaculada Conceição”, do artista barroco Bartolomé Esteban Murillo. A peça é da Espanha e um colecionador contratou, por 1.400 euros, um restaurador de móveis para limpar a pintura. Ele teve duas tentativas para fazer o serviço, mas, como podemos ver na imagem, só piorou. É claro que o “depois” ficou irreconhecível e em seguida virou uma grande piada na internet. 

São Jorge

Estátua de São Jorge do século XVI antes e depois da restauração.

Aparentemente a Espanha é o local com mais restaurações erradas do mundo! Essa estátua de São Jorge, datada do século XVI, fica na igreja de São Miguel, na cidade de Estella. Um professor de artesanato resolveu restaurá-la sozinho. No entanto, nenhuma das autoridades deu o consentimento. A repercussão do resultado foi tão grande que o prefeito da cidade postou nas redes sociais alegando que o trabalho era uma “desgraça”. 

Tutancâmon

A barba mal colada e depois refeita da forma correta.

Tutancâmon foi um faraó do Egito Antigo coroado com apenas 9 anos! A descoberta da sua tumba foi uma dos maiores achados arqueológicos do mundo. Os objetos encontrados na câmara foram levados para um Museu, em Cairo. Contudo, uma funcionária desastrada do local deixou cair a máscara e a barba se soltou. Ao invés de chamar um profissional especializado, a mulher pediu ao seu marido para ajudar a consertar. Em seguida, o homem usou uma cola muito resistente para fixar a barba, só que fez em um ângulo errado e com excesso do produto utilizado. Foi então que, para deixar o acabamento melhor, ele raspou o local onde estava a cola e arranhou a máscara.

Oito funcionários do Museu foram a julgamento pelo episódio. Apesar dos transtornos, os estragos eram reversíveis e foi possível deixar a máscara como antes. Afinal, o artefato tem mais de 3 mil anos e só a máscara, feita de ouro, pesava 10 quilos.

A matemática foi inventada pelos humanos ou ela é parte fundamental da existência?

Matéria anterior

Por que viagem de carro dá sono?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos