Curiosidades

Esse homem injetou chá de cogumelo em suas veias e fungos nasceram dentro dele

0

Apenas uma pequena porção colocada no organismo e o mundo já se transforma num lugar colorido e completamente fantasioso. Cada droga pode prometer uma viagem diferente e uma onda que combina com cada momento, mas a verdade é que todas possuem algo em comum: afetam o funcionamento do cérebro a curto ou longo prazo.

Em alguns casos, podem acontecer coisas surpreendentes envolvendo drogas. Como o caso desse homem que fez um chá de cogumelos mágicos e injetou a mistura em suas veias. Vários dias depois, o homem foi parar no departamento de emergência com fungo crescendo em seu sangue.

O paciente fico 22 dias no hospital. Sendo que oito deles ele estava na unidade de terapia intensiva (UTI). Lá, ele recebeu tratamento para a falência dos órgãos multissistêmicos. Depois de sair da UTI, o homem ainda está sendo tratado com um regime de longo prazo de antibióticos e antifúngicos.

O caso desse homem não revelou se a injeção do chá de cogumelo pode causar efeitos psicoativos persistentes da mesma forma, o que acontece quando as pessoas comem o fungo via oral.

Segundo o Natural Institute on Drug Abuse, em alguns casos raros, as pessoas podem desenvolver uma condição chamada transtorno de percepção persistente induzido por alucinógeno (HPPD). Nesses casos, as pessoas têm flashbacks vívidos da sua viagem muito tempo depois de ela acontecer.

O caso desse homem “ressalta a necessidade de educação pública contínua sobre os perigos inerentes ao uso desta e de outras drogas de outras formas que não as prescritas”, escreveram os médicos.

Motivo

O paciente, de 30 anos, injetou cogumelos em sua corrente sanguínea na esperança de aliviar os sintomas do seu transtorno bipolar e da dependência de opioides. E segundo o relatório, as pessoas da família do paciente notaram que ele tinha parado recentemente de tomar os medicamentos para a bipolaridade que o tinha sido prescrito. Além de também estar “alternando entre os estados depressivo e maníaco”.

O homem achou na internet alguns relatórios que descreviam os potenciais efeitos terapêuticos dos alucinógenos, como por exemplo o LSD e os cogumelos. E foi isso que o motivou a ferver os cogumelos e fazer um chá.

Ele filtrou o chá antes de injetá-lo em seu corpo. E nos dias seguintes, o homem ficou letárgico e com náuseas. Além disso, a pele dele começou a amarelar. E não demorou muito para ele ter diarreia e começar a vomitar sangue.

A família do homem o encontrou nesse estado e o levou para o pronto-socorro. Os médicos viram que ele não conseguiria passar por uma entrevista prévia por conta do seu estado.

Vários órgãos do paciente começaram a falhar, e foi quando ele foi transferido para a UTI. O paciente também teve o sangue testando positivo para uma infecção bacteriana, com o micróbio Brevibacillus, e também uma infecção fúngica. Em outras palavras, o cogumelo que ele injetou estava crescendo dentro dele.

O homem precisou, além de antibióticos e antifúngicos, ser colocado em um ventilador por ter apresentado insuficiência respiratória aguda. Felizmente, ele sobreviveu a toda essa confusão.

Tratamento

Segundo várias pesquisas sugerem, a psilocibina pode sim ser um tratamento promissor para depressão, ansiedade e  abuso de substâncias. No entanto, apenas quando tomada com segurança.

Na maior parte dos estudos feitos os cientistas usam a droga na forma de pílula. E em alguns casos, os médicos usam a psilocibina em injeção intravenosa. No entanto, essas injeções são feitas com doses rigorosamente controladas e sob supervisão médica.

Astrofísica diz que é provável que nós possamos viajar por buracos de minhoca

Matéria anterior

Geólogo encontra rocha vulcânica incrivelmente semelhante ao Monster Cookie

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar