Curiosidades

Estudo revelou de onde veio o ancestral dos cavalos modernos

0

Assim como nós, todos os seres vivos do planeta começaram em algum lugar. Ou seja, tem ancestrais que evoluíram até chegar à forma que conhecemos hoje. No caso dos cavalos modernos, sua pátria ancestral provavelmente está localizada ao longo das estepes da Eurásia Ocidental. E ela data de aproximadamente 4.200 anos atrás, de acordo com novos estudos.

Em somente mil ano , os poderosos e dóceis cavalos criados no que atualmente é a Rússia parecem ter substituídos todas as outras raça na Europa e na Ásia. Por cerca de 1000 a.C., as viagens de cavalo tinham se tornado oficialmente uma coisa global. O que transformou de forma fundamental o movimento, cultura e guerra entre os humanos.

E os antigos cavalos criados na região do baixo Volga-Don, na Rússia, não foram os primeiros a serem domesticados. Até porque, existem exemplos mais antigos de equitação na Ásia Central, Península Ibérica e Anatólia. No entanto, o perfil genético particular desses animais parece ter sido mais útil para os humanos.

Cavalos

Os pesquisadores descobriram que os cavalos domésticos modernos estavam juntos em um grupo que acabou se tornando geograficamente difundido no segundo milênio a.C. Eles chegaram nessa descoberta mapeando as mudanças populacionais de 273 genomas de cavalos antigos, cada um de uma localização possível para a domesticação de cavalos.

No fim, esse agrupamento era mais parecido, geneticamente, com os cavalos que vieram nas estepes da Eurásia Ocidental antes e durante o terceiro milênio. Além disso, os resultados também sugerem que os cavalos domésticos modernos substituíram todas as outras populações de cavalos conforme eles se expandiram pela Eurásia.

“Concluímos, portanto, que o novo pacote de carruagem e raça melhorada de cavalos, incluindo a coloração da pelagem castanha documentada linguística e geneticamente, transformou as sociedades da Idade do Bronze da Eurásia em todo o mundo poucos séculos após cerca de 2000 a.C. A adoção desta nova instituição, seja para guerra, prestígio ou ambos, provavelmente variou entre chefias descentralizadas na Europa e estados urbanizados na Ásia Ocidental. Os resultados, portanto, abrem novos caminhos de pesquisa sobre os desenvolvimentos históricos dessas diferentes trajetórias sociais”, escreveram os pesquisadores.

Modernos

Os cavalos que eram criados na Rússia antiga tem dois genes-chave que parecem diferenciá-los das outras populações que viveram na mesma época. O gene GSDMC está relacionado com o comportamento mais dócil. E o gene ZFPM1, com a estrutura mais forte.

Os dois genes sugerem que se criaram esses cavalos para cavalgar. Tendo uma boa resistência e capacidade de suporte de peso. Além de um temperamento calmo e confiante.

Essas descobertas vão de encontro com uma lista de estudos recentes que são opostos à suposição anterior de que a equitação foi trazida para a Europa por pastores nômades do oriente há cerca de cinco mil anos.

Os autores desse novo estudo dizem que a globalização da equitação surgiu pelo menos mil anos depois, época na qual os cavalos das estepes da Eurásia Ocidental se expandiram para a Anatólia, o baixo Danúbio, Boêmia, Ásia Central e depois para a Europa Ocidental e Mongólia.

E a genética sugere que entre 1500 e 1000 a.C., os cavalos domesticados substituíram todas as outras populações locais. E assim os humanos fizeram os seus cavalos “perfeitos”.

Fonte: https://www.sciencealert.com/modern-horses-might-originate-from-powerful-and-docile-breed-in-ancient-russia

7 premonições feitas por famosos

Matéria anterior

Mais de 99% dos estudos concordam que a mudança climática foi causada pelos humanos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos