Notícias

Há 5 meses na UTI, garoto atingido por árvore vai para casa

pedro atingido por árvore e internado há 5 meses em UTI
0

O adolescente Pedro Miguel Rodrigues Cardoso, de 15 anos, passou por uma situação traumática ao ser atingido por uma árvore no Parque da Cidade. Após o fato, ele precisou ser internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Anchieta, em Taguatinga. Agora, cinco meses depois, o jovem finalmente teve alta, no domingo (9).

O caso aconteceu no Dia das Mães (8/5), quando a família foi comemorar a data especial no Parque da Cidade. Entretanto, não imaginaram que viveriam um momento de tanto terror. Por volta das 11h, um pinheiro de cerca de 20 metros caiu no meio das pessoas que estavam curtindo o dia no gramado.

Assim, a árvore atingiu uma mulher, que fraturou a perna, e Pedro Miguel, que sofreu uma parada cardíaca. O acidente aconteceu no Bosque dos Pinheiros, perto do estacionamento 4. Na ocasião, a analista de sistemas, Mariana Dantas, de 40 anos, estava fazendo um piquenique com sua família no momento em que a cena assustadora se deu.

“Estávamos curtindo o Dia das Mães quando vimos uma árvore enorme caindo e todo mundo começou a correr. Depois só ouvimos o estrondo”, conta Mariana. Ela afirma que o gramado estava ocupado por muitas pessoas que aproveitavam o domingo de sol e, quando a árvore começou a cair, algumas conseguiram correr.

Cena de filme de terror

árvore cai em parque

Reprodução

Como Pedro Miguel dormia no gramado, ele não conseguiu escapar em tempo. A analista de sistemas estava com sua família, entre as quais nove crianças. “Estava um dia maravilhoso, todo mundo brincando. A gente está muito abalado porque meu filho tem 14 anos e poderia ter sido ele. Meu filho nem conseguiu ir para a escola hoje. Só quem estava lá para entender a dor daquela mãe, daquele pai, daquele menino jogado. Foi desesperador, uma cena de filme de terror”, relembrou a mulher.

De acordo com a analista de sistemas, o que foi informado aos frequentadores do parque é que a árvore estava seca e que crianças teriam amarrado uma rede nela. “Se estava seco, eles deveriam ter colocado uma placa, ou ter isolado o local, ou ter derrubado as árvores secas”, cobra a moradora.

O que diz o Parque da Cidade e a Novacap

O administrador do Parque da Cidade, Silvestre Rodrigues, afirmou que há uma vistoria diária na vegetação do parque, feita pelos servidores da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Porém, ainda de acordo com Rodrigues, nem sempre é possível identificar quando uma árvore precisa ser derrubada.

“Às vezes uma árvore está oca por dentro, mas na área externa está perfeita. Pode ter um cupim que come só por dentro ou come só a raiz”, argumentou Silvestre. Além disso, o administrador diz que após o ocorrido pediu uma investigação mais cuidadosa da Novacap, especialmente nos locais mais frequentados.

“Temos de fazer um estudo mais minucioso, principalmente nas áreas mais frequentadas. Já pedi fiscalização árvore por árvore. Esses pinheiros foram plantados antes da inauguração do parque. A Novacap é muito parceira e está diariamente nos ajudando”, afirmou.

O administrador garante que as famílias que presenciaram o momento terrível não precisam ter medo de voltar ao local. “Isso foi uma fatalidade, uma coisa da natureza, mas não quer dizer que não vamos fazer nada. Nos últimos 10, 20 anos, nunca uma árvore caiu em cima de frequentador do parque; não precisa ter medo”, garantiu.

Após o caso, a Novacap emitiu uma nota lamentando o ocorrido e garantiu realizar uma perícia para definir o que causou a queda da árvore. Após ser atingido pelo pinheiro, Pedro Miguel e a mulher foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) e levados ao hospital.

O CBMDF, que tem independência para fazer podas de árvores em casos emergenciais, derrubou outro pinheiro que estava seco no mesmo local do parque.

Nota da Novacap

“A Novacap lamenta o ocorrido e informa que tem equipes no Parque da Cidade trabalhando diariamente com manutenção de poda e supressão de árvores. Somente no ano passado foram feitas mais de 105 mil intervenções em todo o DF e, neste ano, mais de 65 mil. Quanto a árvore caída ontem, a Novacap informa que tem equipe técnica no local trabalhando para identificar a causa da queda.”

“A Empresa destaca também que todas as ocorrências identificadas a olho nu recebem intervenção imediata. No caso de pinheiros, por se tratar de uma árvore de tamanho elevado, pode apresentar podridão na parte aérea, que não é identificada em solo. Porém, somente após perícia concluída será possível saber a causa.”

Fonte: Metrópoles

Homem tem as pernas amputadas em acidente e hospital entrega membros à família em caixa de papelão

Previous article

Casillas publica que é gay, apaga mensagem em seguida e fala que foi hackeado

Next article

Comments

Comments are closed.