• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Há quase 50 anos, um computador previu o fim da humanidade

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      31/08/18 às 15h50

No dia 9 de novembro de 1973, um apresentador de uma rede britânica disse o seguinte sobre o futuro da humanidade: "Se não fizermos nada a respeito, isso é o que vai acontecer." Um ano antes disso, um computador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) disse que o futuro da civilização não seria muito agradável, ao menos para os humanos.

O computador previu que o futuro da civilização para os próximos 100 anos seria um cenário de pura catástrofe. Se baseando em diferentes variáveis para analisar o futuro do crescimento mundial, considerando que os recursos da Terra não são infinitos, o resultado foi um tanto assustador. A gente mostra para vocês exatamente como foi essa previsão.

Previsão de um computador para o futuro da humanidade

Os cálculos foram baseados no trabalho de Jay Forrester, que é um pioneiro engenheiro de computação do MIT. Como resultado surgiu a pesquisa The Limits to Growth, o livro ambiental mais vendido do mundo. Uma das conclusões é um gráfico que mostra o comportamento de quatro dos fatores analisados com o passar dos anos. Os fatos são: crescimento da população, a qualidade de vida, a disponibilidade de recursos naturais e a poluição.

Esse gráfico dizia que entre 1900 e 2020, o gráfico da população cresceria até ficar estável. Os recursos naturais cairiam lenta e continuamente e a poluição cresceria em ritmo lento até 1990. Já a qualidade de vida aumentaria muito rápido até 1940 e depois começaria a cair.

Os comportamentos provam que conforme a população cresce, os índices de recursos naturais e qualidade de vida caem.

Nesse exato momento, o apresentador dá o alerta de que a parir de 2020, as previsões mostraram um cenário preocupante. De começo, a qualidade de vida cai para praticamente zero e a poluição cresde de uma maneira que começaria a matar as pessoas.

A população então começaria a cair a um índice menor do que em 1900. Nesse ano (1900) havia cerca de 2 bilhões de pessoas no mundo, hoje em dia há cerca de 7,6 bilhões de pessoas na Terra.

Resumindo, a conclusão do estudo afirma que os limite de crescimento se tornariam evidentes em 2072 e isso poderia gerar um "declínio súbito e incontrolável da população e da capacidade industrial". O vídeo do estudo vocês podem ver abaixo:

Depois que o estudo foi feito, as pesquisas mostraram que as previsões para as próximas décadas foram incrivelmente precisas. Será que podemos esperar os primeiros sinais de um colapso global nos próximos anos? Não esqueça de deixar aqui a sua opinião sobre o assunto!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+