icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Como é a cidade Hiroshima hoje em dia?

POR Diogo Quiareli EM Lugares & Construções 15/09/20 às 11h59

capa do post Como é a cidade Hiroshima hoje em dia?

O dia 6 de agosto de 1945 ficará marcado para sempre na história da humanidade. Nessa data, caía a primeira bomba atômica no mundo, a "Little Boy", sobre a cidade de Hiroshima, no Japão. Não parou por aí. Mais tarde, a tragédia seria ainda maior, com uma segunda bomba, a Fat Man, lançada em Nagasaki três dias depois do primeiro ataque. Ambos os ataques foram realizados pelos Estados Unidos. Anos se passaram, em 1986, o Japão e o resto do mundo ainda se recuperavam das duas tragédias. Isso impactou vários outros países. O ataque de Hiroshima matou um total de 200 mil pessoas.

Essa explosão gerou uma onda de calor de até 4 mil graus, ventos de 440 metros por segundo. Para se ter uma noção, o maior furacão já registrado atingiu 85 metros por segundo. 90% das mais de 70 mil construções da cidade foram totalmente destruídas. 80 mil pessoas morreram instantaneamente em Hiroshima. Em menos de um ano, esse número subiu para 141 mil mortos pela radiação. Ao final, 200 mil mortes. 270 dos 298 hospitais da cidade foram totalmente destruídos. Além disso, 1.654 médicos, dos 1.780 registrados, foram mortos no ataque.

O fim da guerra após o ataque em Hiroshima e Nagasaki

No dia 15 de agosto, o Japão se rendia. Isso aconteceu apenas alguns dias depois da Alemanha. Desta forma, selou-se o fim da Segunda Guerra Mundial. Em 1958, após uma grande recuperação e com meta de transformar Hiroshima em um memorial, a cidade voltou a ter 410 mil habitantes. Isso é equivalente ao número antes de começar a guerra. Esse é um ponto de vista bastante famoso no Japão, o A-bomb Dome. Tornou-se um dos maiores símbolos da cidade e do país. Por lá, podemos ainda encontrar o Flame of peace, ou chama da paz.

No dia primeiro de agosto de 1964, com a esperança de um mundo sem armas nucleares, a chama foi acesa. Esta só será apagada quando as armas nucleares forem totalmente abolidas do mundo. Hoje em dia, Hiroshima recebe visitantes do mundo todo. Esses buscam conhecer mais sobre a história da cidade, além de conhecer a incrível culinária. As ostras grelhadas atraem os amantes da gastronomia e encantam todos que comem.

Em Hiroshima, há um lugar muito especial, a ilha de Miyajima. Essa é a ilha mais sagrada do país, com templos antigos e considerada um dos três mais bonitos cenários do país. O Itsukushima Shrine é o portal que guarda a ilha. Ele foi colocado no local em 1.168, por Taira no Kiyomori. Isso foi para agradecer às Deusas que lhe deram poder, saúde e riqueza. Kiyomori foi quem estabeleceu a primeira administração dominada por samurais. Viver em Hiroshima atualmente é tranquilo. Os moradores têm contato com pessoas do mundo inteiro e a paz reina no local.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para nós.


Próxima Matéria
Via   Revista Versar     Exame  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest