• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

A história heróica de Marie Curie durante a 1° Guerra Mundial que poucos conhecem

POR Leticia Rocha    EM História      23/11/18 às 15h25

Muitas pessoas conhecem Marie Curie por seus feitos científicos. A mulher foi responsável pela descoberta dos radioisótopos rádio e polônio, tanto que o termo "radioatividade" foi cunhado por ela. Seu papel na ciência foi tão importante que ela foi a primeira a ganhar o Prêmio Nobel e a única a fazê-lo por duas vezes.

No entanto, os feitos de Marie Curie vão além de seus estudos sobre radioatividade. A mulher também desempenhou um papel importantíssimo durante a 1° Guerra Mundial e pouco sabem ou falam sobre isso.

O início da guerra

Quando a guerra começou, Marie entendeu que seus estudos científicos poderiam esperar. Já que algo muito pior e maior estava ocorrendo e que era preciso fazer algo a respeito. Ela então decidiu se aproximar União das Mulheres da França, uma organização filantrópica que ajudava na guerra.

A essa altura, centenas de pessoas perdiam suas vidas em detrimento da guerra. Uma das formas de melhorar e agilizar o atendimento e socorro às vítimas era através do raio-x, que ajudava a encontrar ossos quebrados ou possíveis balas alojadas. No entanto, a tecnologia só era encontrada nos hospitais que ficavam na cidade, muito longe dos campos de batalha.

Uma saída para esse problema seria equipar veículos com o raio-x e dessa forma levá-lo até os feridos. O que agilizaria a prestação de socorro e provavelmente salvaria muitas vidas. O que as pessoas não sabem é que a idealizadora da ideia foi Marie Curie.

Carro radiológico

Assim que descobriu uma forma de ajudar a salvar vidas no campo de batalha, Marie solicitou apoio financeiro dos militares franceses, o que não ocorreu. A demora frustou Marie, mas o grupo filantrópico conseguiu o dinheiro para criar o primeiro carro radiológico, em 1914.

No entanto, apenas um carro não era o suficiente, era preciso conseguir mais veículos. Marie então usou toda sua influência científica e conseguiu doações de mulheres ricas, foram 20 veículos. Ela então trabalhou e equipou todos os carros. Um grande problema fora resolvido, mas outro surgiu, faltavam pessoas para conduzi-los. Marie não viu problemas nisso e começou a treinar mulheres para prestarem socorro nos campos de batalha, e no total 150 mulheres receberam o treinamento de Marie Curie.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+