Curiosidades

Homem descobriu vermes parasitas se contorcendo dentro do seu estômago em um ultrassom

0

ultrassom é um som e uma frequência superior àquelas que o ouvido do ser humano pode perceber. O que é aproximadamente 20 mil hertz. Ele é usado em diversos campos. Como para detectar objetos e medir distâncias, por exemplo.

Na medicina, a ultrassonografia ou ecografia, é um método de exame de imagem, que utiliza ondas ultrassônicas. Elas atravessam os tecidos dos órgãos estudados, retornam em forma de ecos, e fornecem imagens instantâneas, durante o procedimento. Com os avanços da tecnologia 3D e 4D, as imagens, que são produzidos pelo ultrassom, são cada vez mais nítidas.

E no caso do ultrassom do estômago desse homem, o que se viu foram alguns habitantes indesejáveis. No estômago dele, havia um emaranhado de vermes se contorcendo.

Caso

O homem, de 20 anos, mora em Nova Delhi. Ele foi ao pronto-socorro, depois de ter sentido uma forte dor abdominal, diarreia e vômitos. E isso durante um dia todo. O jovem era saudável e sem nenhuma condição médica conhecida anteriormente.

Com os testes feitos, foi mostrado que ele tinha níveis elevados de glóbulos brancos. Coisa que poderia indicar uma infecção. Além disso, o jovem também estava com seus níveis de hemoglobina elevados, que é a proteína do sangue que transporta oxigênio. Esse nível alto poderia ser o indicativo de uma variedade de condições. Indo desde desidratação, até câncer no sangue.

Os médicos então fizeram um ultrassom da veia cava inferior, que é uma grande veia perto do abdômen. O objetivo era verificar os níveis de fluido nos vasos sanguíneos do jovem. E foi durante esse processo, que eles observaram uma “estrutura tubular que se movia com um movimento ondulante” dentro do estômago do paciente, escreveram os autores.

Vermes

Depois disso, os médicos pediram um exame de fezes ao paciente. E ao examinaram, fizeram uma busca por parasitas. Com isso, descobriram que as fezes do homem tinham ovos da lombriga Ascaris lumbricoides. Basicamente, é um tipo de parasita intestinal.

Essa lombriga é um dos vermes parasitas humanos mais comuns no mundo todo. Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), é estimado que, entre 800 milhões e 1,2 bilhão de pessoas, tenham esse parasita no seu trato intestinal. Surpreendentemente, esses vermes podem crescer até 35 centímetros.

Em suma, esse verme é mais frequente em regiões tropicais e subtropicais que tenham sistema de saneamento deficiente e uma falta de acesso a suprimentos de higiene. Na Índia, esse verme é extremamente comum.

Segundo o CDC, as pessoas são infectadas com esse verme quando comem os ovos do parasita. E isso pode acontecer quando elas comem frutas ou vegetais, que foram cultivados em um solo contaminado.

A contaminação do solo pode acontecer se fezes humanas forem usadas como fertilizante, ou então se as pessoas que estiverem infectadas defecarem ao ar livre. Além dessa forma, as pessoas também podem ser infectadas se suas mãos forem contaminadas com o solo e elas não as lavarem.

Cuidados

Felizmente, essa doença pode ser tratada com medicamentos antiparasitários. No caso específico do jovem, ele recebeu um  antiparasitário chamado albendazol e teve alta do hospital depois de um dia.

Duas semanas depois, em uma consulta de acompanhamento, ele disse estar se sentindo bem e que tinha eliminado os vermes em suas fezes.

Nos lugares onde esse verme é comum, as maneiras de se prevenir incluem lavar as mãos, com água e sabão, antes de manusear os alimentos. Bem como lavar, descascar ou cozinhar os vegetais crus antes de comê-los e evitar um contato com o solo que pode estar contaminado.

Diego Maradona morre aos 60 anos

Matéria anterior

Vamos ver um alinhamento planetário super raro que não é visto em 800 anos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.