Notícias

Ilha em Ubatuba, no Litoral Norte de SP, será leiloada por R$ 23 milhões

0

Uma ilha com mansão e praia exclusiva está sendo leiloada em Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo. O lance mínimo para a Ilha da Almada é de R$ 23 milhões.

A ilha tem 188 mil metros quadrados em uma área de mata preservada, possui um mirante com visão da costa de Ubatuba e pelo menos dez praias, sendo uma de acesso exclusivo. Para entrar no local é preciso usar um barco, a partir da praia do Engenho.

Quem comprar a ilha ainda estará levando uma mansão de 757 metros quadrados construída na década de 1990 por um empresário de um grupo de saúde de São Paulo. O imóvel conta com nove suítes e sala de estar com seis ambientes, com móveis também inclusos no pacote.

O leilão será iniciado na próxima terça-feira (30/08) e as propostas podem ser enviadas até 2 de setembro. A oferta é de uma cessão onerosa, que cede o uso da área ao proprietário. Isso porque a região pertence à Marinha do Brasil.

No entanto, a Marinha só pode pedir a ilha de volta em caso de inadimplência ou de guerra.

Nova tentativa de venda

Foto: Reprodução/TV Globo

De acordo com matéria do G1, esta é a segunda vez que o imóvel é leiloado. Em 2015, a ilha também foi colocada à venda, à época por R$ 25 milhões, mas não foi arrematada. 

Segundo a avaliação da Justiça, o local está avaliado em R$ 30 milhões.

Veja abaixo um vídeo apresentando a ilha:

Ilha italiana pagará R$ 80 mil a novos moradores

Foto: Reprodução/ Melhores Destinos

Já na Itália, o governo da Sardenha criou um programa que pode pagar até 15 mil euros (cerca de 80 mil reais) para quem decidir se mudar para o local. O valor será pago em forma de subsídio, o que significa que não precisa ser devolvido. 

Serão 45 milhões de euros destinados a combater o despovoamento da ilha. No entanto, algumas condições são impostas.

O dinheiro está disponível somente para pessoas que registrem uma residência em um pequeno município da Sardenha ou que se mudem para a ilha dentro de 18 meses depois da compra do imóvel.

Além disso, a propriedade deve estar localizada em uma vila ou município com no máximo 3.000 habitantes. Também foi informado que o subsídio não pode exceder 50% dos custos totais da compra ou reforma do local, então é necessário possuir um dinheiro para investir.

A oferta do governo deve estar em vigor até o final de 2024.

Casas por 1 euro

Foto: Reprodução/ Case1euro

De acordo com informações do site Melhores Destinos, muitas propriedades no interior de cidades europeias possuem construções antigas que já estão em ruínas pelo desgaste do tempo. Apesar delas serem abandonadas pela família, os impostos sobre elas seguem sendo cobrados.

Por causa disso, o programa de venda de casas por 1 euro se popularizou por toda a Europa e tem sido uma boa alternativa. Na ilha da Sardenha, os municípios que estão envolvidos nesta iniciativa são Nulvi, na província de Sassari e Ollolai, na província de Nuoro.

Sobre a Ilha da Sardenha

Foto: Reprodução/ Melhores Destinos

A Sardenha é a segunda maior ilha no Mar Mediterrâneo e é um dos principais destinos das famílias europeias que procuram um lugar tranquilo para relaxar durante as férias.

A maneira mais comum de chegar à ilha é de avião. Ela possui três aeroportos, dois ao norte do país – Alghero e em Olbia e um ao sul, em Cagliari, capital da Sardenha. Além disso, vale destacar que um voo partindo de Roma para qualquer um dos três dura em média 1h. 

As praias da ilha são consideradas paradisíacas. Visitantes afirmam que no local as pessoas sentem que estão vivendo o verdadeiro verão europeu. 

Fonte: G1, Melhores Destinos

Andrew Garfield se preparou para papel de padre passando por abstinência de sexo e comida

Artigo anterior

O povoado espanhol que foi evacuado por engano

Próximo artigo