Curiosidades

Julie Pomagalski, snowboarder olímpica, morre em avalanche nos Alpes suíços

0

O universo esportivo acaba de sofrer mais uma perda. Julie Pomagalski, snowboarder olímpica da França, morreu nesta terça-feira, 23, em uma avalanche nos Alpes Suíços. A atleta tinha 40 anos. O falecimento foi divulgado hoje.

Pomagalski competiu na categoria Slalom Gigante Paralelo nas Olimpíadas de Salt Lake City, de 2002, e nos Jogos de Torino, em 2006. A snowboarder conquistou medalha de ouro no Campeonato Mundial da modalidade em 1999.

A Federação Francesa de Esqui expressou a perda por meio de nota e via tweet. “A trágica morte de Julie, uma atleta olímpica e campeã mundial de snowboard, deixou a equipe olímpica francesa de luto”, explicita a publicação na plataforma.

A mídia francesa e suíça noticiou amplamente a avalanche, que ocorreu na montanha Gemsstock, no cantão suíço de Uri. De acordo com as autoridades de Uri, até o momento, o corpo do guia Bruno Cutelli e de outras duas pessoas foram encontrados no local.

“De repente, houve uma avalanche. As razões ainda são desconhecidas”, disse o comunicado da polícia. “Como resultado, perdemos algumas vidas. Encontramos apenas uma pessoa levemente ferida. Ela foi encaminhada de avião para o hospital Kantonsspital Uri. Os corpos que encontramos estavam completamente cobertos de gelo. A ajuda, infelizmente, não chegou a tempo”.

A identidade das outras vítimas ainda não foram reveladas. A equipe de resgate segue realizando mais buscas no local. Dois cães auxiliam a operação.

Surfe

Neste sábado, 22, Katherine Diaz, uma das melhores surfistas de El Salvador, também deixou o plano terreno. A atleta foi morta após ser atingida por um raio, enquanto treinava para um torneio de qualificação para as Olimpíadas de Tóquio. A International Surfing Association – autoridade governante mundial do surfe – prestou condolências por meio de comunicado.

Jose Diaz, irmão de Katherine Diaz, usou as redes sociais para demonstrar seus sentimentos em relação a partida da profissional. O jovem publicou uma foto no Instagram ao lado da irmã, dizendo “você estará para sempre em nossos corações. Deus decidiu levá-la agora. Já sentimos sua falta”.

Conforme informou a mídia de El Salvador, a surfista foi atingida por um raio nesta sexta-feira, 19, logo após entrar nas águas da praia de El Tunico, a cerca de 16 quilômetros da capital de San Salvador.

Diaz estava na companhia do tio, Beto Díaz, que também é treinador de surfe, e de uma amiga. “Katherine estava na água e se aproximou para abraçar a amiga. Assim que ela a abraçou, eu vi o relâmpago atingindo ambas”, revelou o tio aos meios de comunicação locais. “A amiga dela saiu voando por causa da força do raio, atingindo a minha prancha de surfe que estava próxima do mar. Katherine morreu na hora”.

Diaz estava se preparando para competir no ISA World Surfing Games. O campeonato está previsto para começar no dia 29 de maio e terminar em 6 de junho, nas praias de La Bocana e El Sunzal, em El Salvador.

As sete melhores mulheres que se destacarem no evento ganharão uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, onde o surfe fará sua estreia oficial. O Comitê Organizador de Tóquio e o COI trabalham para que as Olimpíadas aconteçam entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

7 vilões de novelas brasileiras que tiveram um final feliz

Matéria anterior

Veneza, a “Cidade dos Canais”, completa 1.600 anos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.