• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Lago gigante foi encontrado em deserto chamado Vale da Morte

POR Leticia Rocha    EM Natureza      15/03/19 às 18h59

Atualmente, nada mais nos surpreende, afinal coisas incríveis e inacreditáveis têm ocorrido. Principalmente quando isso envolve a natureza e o mundo animal. O aquecimento global tem feito que coisas completamente inusitadas e assim fatos complexos ocorrem, como ilhas por exemplo, que têm desaparecido devido ao excesso de água. Temos vivido extremos nas diversas regiões do planeta.

Recentemente, nós até divulgamos que enquanto uma onda de calor atingia a Austrália, uma massa de frio polar afetava os EUA, causando inclusive mortes por conta do frio excessivo, no mesmo momento em que no país da Oceania centenas de animais e até humanos eram ameaçados pelas temperaturas elevadas. A seca causa incêndios florestais e tem feito até cobras fugirem para as regiões urbanas em busca de algum frescor. Inclusive, outro dia contamos aqui a história de uma mulher que teve o azar de encontrar uma cobra em sua privada, o animal estava fugindo do calor.

Mas o que viemos falar hoje é de uma outra coisa igualmente estranha e curioso: água no deserto! Não só um pouco de água, mas um lago mesmo!

Vale da morte

O Vale da Morte, para aqueles que nunca ouviram falar, é conhecido como um dos lugares mais quentes e secos da Terra. O vale é um deserto da Califórnia que inclusive é dono do maior recorde de temperatura durante o mês de julho de 2018, que foi de cerca de 42,3 °C. E não pense que para por aí, o recorde de solo mais quente também é do Vale da Morte, mas esse é um pouco mais antigo. Em julho de 1972, o solo chegou a incrível temperatura de 93,9 °C.

A média de precipitação no deserto é de seis centímetros ao ano, o que torna o Vale o local mais seco do mundo. No entanto, muito recentemente o local ganhou um ar inovador em sua paisagem. Um lago, resultado da precipitação volumosa que ocorreu durante uma semana. O acontecimento completamente inusitado foi registrado graças ao fotógrafo Elliot McGucken, que estava fazendo registros a região.

Chuva no deserto

O registro do lago no meio do deserto foi feito muito recentemente, ainda neste mês. No local, houve cerca de 22 milímetros de chuva em apenas 24 horas. Foi o resultado de tanta chuva que deu origem ao lago. Mas não pense que o volume de água foi assim tão grande. Acontece que como o solo da região é muito seco, ele não absorve a água com muita facilidade o que facilita que a água emposse.

O tamanho exato do lago no meio do deserto não foi revelado, mas os funcionários estimam que ele chegou aos 16 quilômetros de comprimento. E ele ainda está lá, porém está diminuindo a cada dia. Felizmente, o fotógrafo estava por perto no momento e pôde registrar algo tão inusitado.

E você, já tinha visto algo parecido com isso? Nos conte aqui nos comentários. Aproveita e marca aquele amigo que adora histórias inusitadas. Aliás, se você quiser saber um pouco mais sobre esses eventos surpreendentes que, vez ou outra, ocorrem na natureza, não deixe de visitar nossa categoria "Natureza". Lá você vai descobrir mais sobre o Vale da Morte e também sobre outras situações inusitadas e extremas dentro do tema.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+