• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mantenha o sinal Wi-Fi da sua casa seguro com essas dicas

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      09/08/19 às 15h19

Hoje em dia, todo mundo tem praticamente Wi-Fi em casa. Mas muita gente não está ciente dos perigos que vem com uma rede de internet sem fio. Por isso é muito importante manter a segurança da sua rede com sinal Wi-Fi. Até porque, o acesso à ela por pessoas mal intencionadas pode resultar em uma série de problemas ,como a exposição de informações e arquivos pessoais. Além da possível invasão de privacidade, os dispositivos conectados ao seu roteador podem ficar vulneráveis, podendo até serem controlado por outras pessoas. Para evitar tais problemas, você pode tomar algumas medidas preventivas. Coisas simples mas que podem manter a sua rede de internet segura.

O ideal é usar senhas e padrões mais complexos e não tão óbvios como é muito comum. Além disso, você também pode alterar a configuração do seu roteador, para ter um controle restrito do acesso à sua rede sem fio e outras precauções. Confira a seguir, algumas dicas simples que você pode adotar para manter a sua rede de internet Wi-Fi mais segura e livre de possíveis ataques.

Protocolos de segurança

Para começar, ao instalar um roteador para expandir o sinal da sua rede Wi-Fi, a maioria das pessoas mantém as configurações dos fabricantes. Até mesmo porque é mais simples e fácil para os usuários menos experientes. No entanto, essa atitude pode não ser a melhor. Deixar os equipamentos com configurações automáticas pode deixar o seu sistema vulnerável. Nesse caso, procure configurar os protocolos de segurança, alterando para aqueles que oferecem maior segurança à rede. O ideal é sempre optar pela opção WPA ao invés da WEP.

Senha do roteador

Geralmente, os roteadores comuns seguem um padrão. Eles podem ser acessados através de um mesmo endereço de IP e usam sempre o mesmo usuário e senha padrão para a configuração. Você provavelmente já viu algum usuário admin com a senha admin. Esse deveria ser o login apenas do primeiro acesso, depois o usuário poderia alterar para uma senha mais elaborada. No entanto, muita gente nem se dá ao trabalho de fazer isso deixado a sua rede praticamente aberta. Depois de configurar a conexão, é essencial alterar a senha que dá acesso ao roteador. Justamente para evitar que outros usuários tenham acesso à todas as configurações da sua rede.

Dispositivos conectados

Para manter a segurança da sua rede, é importante monitorar os dispositivos que têm acesso à ela. Não é como se você fosse olhar isso diariamente, mas, de vez em quando, pode ser interessante. Para fazer isso, você pode usar a interface do seu roteador e encontrar todos os aparelhos que estão, ou estiveram, conectados nos últimos dias. Se possível nomeie os dispositivos conhecidos e bloqueie aqueles que você não reconhece. Se perceber algum dispositivo desconhecido que se mantém conectado à rede, troque a senha do acesso ao roteador e a senha da conexão do Wi-Fi.

Nome da rede

Geralmente, para acessar qualquer rede de Wi-Fi, precisa-se da senha. Contudo, mas também tem opção de exigir o nome da rede para acessá-la. Essa é uma das formas mais eficientes para identificar intrusos usando a sua rede. Você pode ocultar o SSID, que o é nome fornecido pelo roteador para que os dispositivos localizem a rede. Se você esconder o SSID, para que os novos dispositivos se conectem ao roteador é necessário informar também o nome exato da rede, além da senha. Você pode fazer isso através da interface do seu roteador.

E aí, o que achou dessas dicas? Agora você já pode manter a sua rede de Wi-Fi mais segura. Compartilhe essas dicas com os seus amigos.

Próxima Matéria
Via   Techtudo  
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+