Curiosidades

Manter o roteador longe destes 7 objetos vai melhorar seu Wi-Fi

0

O Wi-Fi surgiu em 1997. Ele é um sistema de conexão sem fio, dentro de uma determinada área, entre dispositivos eletrônicos, para acessar a internet. Nesses 25 anos de existência é inegável o impacto que o Wi-Fi teve na maneira como a sociedade se conecta.

“O maior impacto do Wi-Fi foi o acesso equitativo à internet. Imagine se o mundo tivesse se desenvolvido apenas com telefones celulares ou satélite. Só os ricos poderiam pagar”, explicou Sujit Dey, diretor do Centro de Comunicações Sem Fio da Universidade de San Diego (USD), nos Estados Unidos.

E como hoje em dia é quase impossível se imaginar sem um bom sinal de Wi-Fi, as estratégias para a melhoria da sua qualidade são várias. Elas vão desde coisas simples até umas mais complexas e às vezes desnecessárias. Contudo, o que muitas pessoas podem não saber é que, em determinados casos, o problema de um sinal ruim não é o roteador em si, mas o local onde ele está.

Através dos roteadores que os sinais que facilitam esse fluxo de dados entre os dispositivos e a internet são enviados. Justamente por isso que quando esses sinais são interrompidos ou têm alguma obstrução, a qualidade do Wi-Fi cai. Então, nada melhor do que saber de quais objetos o roteador não deve ficar perto.

Melhorando o Wi-Fi

Olhar digital

Reservatórios de água

Pode parecer estranho, mas os grandes recipientes de água podem sim causar interferência no roteador se eles estiverem perto porque esses recipientes conseguem absorver frequências de rádio.

Por isso que quando o clima está chuvoso, o sinal do Wi-Fi fora de casa pode ser afetado. “Os sinais sem fio podem ser parcialmente absorvidos pela chuva, resultando em um alcance menor”, explicaram cientistas ao The Conversation.

Espelhos e objetos metálicos

Se o roteador estiver perto de um espelho grande, os sinais que ele envia podem acabar sendo desviados quando refletirem no espelho ou nos objetos metálicos. Com isso, são criadas áreas que ficam sem sinal dentro de casa. Isso pode acontecer mesmo com os dispositivos estando perto do roteador.

Micro-ondas ligado

O sinal do Wi-Fi pode ser atrapalhado por esse eletrodoméstico por conta da radiação que ele emite. Até porque, as micro-ondas produzem um sinal de rádio da mesma frequência que o Wi-Fi, no caso, de 2,4 GHz.

Objetos grandes

As barreiras físicas podem sim conseguir obstruir o sinal do roteador. Isso porque como as ondas de rádio são mais curtas, elas perdem força de forma mais rápida. Então, é importante que se mantenha uma linha de visão clara entre o roteador e os dispositivos. Dessa forma, o sinal de Wi-Fi ficará melhor.

Telefones sem fio

Assim como o micro-ondas, os telefones sem fio funcionam em uma frequência parecida com a dos roteadores. Por isso que se eles estiverem muito perto um do outro, pode ser que haja interferência e lentidão na conexão.

Dispositivos bluetooth

Da mesma maneira que os telefones sem fio, os fones de ouvido ou alto-falantes que não têm fio também interferem. E quanto mais perto eles estiverem do roteador, pior irá ser a interferência.

Dispositivos eletrônicos

Mesmo que pareça uma coisa estranha, já que teoricamente os dois tinham que trabalhar juntos, os dispositivos que não são para o entretenimento doméstico podem causar interferências. Alguns exemplos são monitores de bebê e até lâmpadas fluorescentes.

Pode parecer complicado manter um sinal de Wi-Fi bom em casa, mas com uma pequena reconfiguração das coisas, a melhora pode ser significativa.

Conectando

Next Pit

Com essas dicas, é possível saber onde colocar o roteador em casa para o sinal não ter interferências. Mas quando a pessoa está fora de casa e sem internet no celular, saber a senha de uma rede Wi-Fi é quase essencial. O que muita gente pode não saber é que existe uma forma de descobrir a senha do Wi-Fi através do celular, tenha ele o sistema Android ou o iOS.

Android

Quem tem o celular com o sistema Android pode seguir esses passos para descobrir a senha de uma rede Wi-Fi. No entanto, isso só vale para as redes em que a pessoa já está conectada. Em outras palavras, uma rede que a pessoa já tenha acesso e por algum acaso precisa da senha e a esqueceu. Para isso, os passos são:

1° – Vá até a aba de “Configurações” de seu celular com sistema Android.

2° – Depois, selecione “Rede e internet”.

3° – Feito isso, toque em “Wi-Fi”.

4° – Quando aparecer a outra tela, localize a rede em que você está conectado e que deseja descobrir a senha.

5° – Então toque nela para obter mais informações.

6° – Na aba que abrir, localize e selecione “Compartilhar”.

7° –  Isso irá abrir uma tela com um QR code para que alguém possa se conectar à rede.

8° – Por fim, abaixo do QR code, você encontrará a senha.

iOS

O mesmo hack de descobrir a senha também pode ser feito pelas pessoas que têm iPhone. Da mesma forma que para os celulares com sistema Android, aqui também os usuários só conseguem descobrir as senhas de redes Wi-Fi que já estão conectados. Os passos para descobrir a senha são:

1° – Procure no seu celular o app “Ajustes” e selecione-o.

2° – Depois disso, entre na opção “Wi-Fi”.

3° – Em sequência, abra a rede de internet na qual você está conectado.

4° – Então role a tela do iPhone para baixo e procure o espaço chamado “Roteador”.

5° – Depois de encontrar, copie o endereço que aparece nele, cole-o no navegador de seu iPhone e o acesse.

6° – Depois disso, esse endereço carregará a página de configuração do roteador. Ela pedirá que você digite o usuário e a senha da área administrativa. As configurações de acesso geralmente seguem este padrão de fábrica.

7° – Então procure a opção “wireless”. Em sequência, acesse o menu “rede local” e finalmente você descobrirá a senha da rede Wi-Fi.

Fonte: Socientifica, Tecmundo

Imagens: Olhar digital, Next Pit

Mulheres iranianas vão à luta por direitos em um país ultrarreligioso

Artigo anterior

Saiba como foi a captura de Danilo Cavalcante, brasileiro que estava foragido nos EUA

Próximo artigo