Aconteceu, no último domingo, a tão esperada cerimônia do Globo de Ouro. O importante evento é aquele que que premia os melhores profissionais de cinema e televisão, filmes e programas televisivos do ano. Os candidatos, nas diversas categorias, são escolhidos pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood e são anunciados os vencedores, em uma noite de gala. Além das várias obras concorrendo ao importante prêmio, os atores também chamam a atenção pelos looks. O tradicional tapete vermelho é uma atração à parte. Ali, desfilam os melhores atores da indústria e todo mundo fica ansioso, para saber a escolha do look de cada um. Neste ano, algo diferente chamou a atenção de todos, várias atrizes apareceram no tapete vermelho, usando um símbolo especial. O 50:50 despertou a curiosidade de muita gente, já que várias atrizes apareceram usando.

Mas afinal, do que se trata esse 50:50. Esse símbolo singelo tem sido usado como forma de protesto e luta, pela igualdade de gênero. Como não é novidade para ninguém, Hollywood é dominada por homens, que tem os salários mais altos e mais visibilidade. O símbolo 50:50 faz parte de uma campanha, que busca a igualdade entre homens e mulheres, na indústria do entretenimento.

O símbolo

Publicidade
continue a leitura

Além dos looks glamourosos, das joias deslumbrantes e dos penteados impecáveis, algumas celebridades apareceram usando um acessório especial no Globo de Ouro. Algumas atrizes usaram em um anel, outras como broche, mas todos continham o mesmo símbolo: o 50:50. Naturalmente, muitas pessoas se questionaram a respeito do que se tratava esse símbolo e qual a finalidade das atrizes usarem o ícone, na premiação do Globo de Ouro, em particular.

O fato é que esse símbolo “50:50” representa o pedido das mulheres, por uma representação mais igualitária no cinema. Considerando que, por anos, a indústria do entretenimento tem sido dominada por homens, não apenas em nível de atuação, mas também no que diz respeito a produtores e diretores em geral. A representação feminina nessa indústria é indiscutivelmente menor do que a masculina, o que gerou essa revolta.

E mesmo que isso tenha mudado gradualmente, nos últimos anos, e ainda vem mudando, ainda há muito o que se fazer, para chegar em um patamar igualitário entre homens e mulheres.

Publicidade
continue a leitura

O objetivo, com essa campanha, é inspirar e chamar a atenção do mundo do cinema, televisão e teatro. Tudo isso, para garantir um equilíbrio nas produções cinematográficas, em 2020.

A campanha

Publicidade
continue a leitura

O lema da campanha ERA (Equal Representation for Actresses) 50:50 é a representação equitativa para atrizes, audiências, para todos. De acordo com a descrição do movimento no site oficial, a missão delas é simples: ver as mulheres representadas na tela, na televisão e no teatro em números iguais aos homens. “Atualmente, as mulheres estão sistematicamente sub-representadas. Isso não representa com precisão a nossa sociedade. Isso distorce a visão do mundo real. Representação igual para atrizes, para o público, para todos. Igual significa 50:50”.

Enfim, o que você achou desse movimento? E do símbolo? Concorda com a luta por igualdade de gênero no cinema? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Publicado em: 07/01/20 16h06