Fatos Nerd

Por onde anda Gary, o rival de Ash em Pokémon?

0

A primeira temporada do anime de Pokémon foi marcante em vários sentidos. Além de introduzir toda uma geração ao mundo habitado por essas criaturinhas adoráveis, muitos personagens carismáticos foram apresentados. Vocês lembram como todos reclamaram quando Misty e Brock pararam de acompanhar Ash em suas aventuras? Foi uma alívio vê-los de novo no anime. Mas você reparou que Gary anda meio sumido? Até mesmo Jigglypuff já voltou com sua cantoria para adormecer todos e nada de notícias do rival de Ash.

Você não tinha reparado que esse personagem icônico não teve seu retorno? Então caso esteja perdido na história do anime, hoje a gente te conta qual o paradeiro do sobrinho do Professor Carvalho.

O destino de Gary

Esqueça as tretas e disputas entre Ash e Gary! Muito tempo atrás, na temporada de Johto, Gary decide que sua vocação não é ser um treinador e se tornar um Mestre Pokémon. A sua vocação, na verdade, é ser pesquisador assim como seu tio. Vai ver que essa vontade de estudar as criaturinhas está no sangue! Também foi nessa temporada que os dois garotos deixaram as diferenças de lado e se tornaram amigos.

Gary trabalhou na Ilha Sayda com Dora e depois de mudou para Sinnoh para conduzir sua pesquisa junto com Professor Rowan. Em Diamond & Pearl, ele está super dedicado em estudar Pokémon fossilizados e lendários, em um episódio Ash se une a ele brevemente para proteger um grupo de Shieldon. Além disso, ele estava monitorando Cyrus e suas tentativas de sumonar os Pokémon lendários Dialga e Palkia.

A última aparição mesmo do personagem foi em um flashback da saga Best Wishes em que ele aparece protegendo um Azelf de um caçador e do Team Galactic.

Você sabia do paradeiro desse personagem? Será que voltaremos a vê-lo em Pokémon Sun & Moon como um grande pesquisador na sua área? Deixe sua opinião nos comentários!

7 relatos de celebridades que afirmam ter contato com aliens

Matéria anterior

7 truques secretos que te farão aumentar sua mediunidade

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos