Entretenimento

Por que Idris Elba desistiu do papel de James Bond?

0
Por que Idris Elba desistiu do papel de James Bond?
Picture shows: DCI John Luther (IDRIS ELBA)

Recentemente, tivemos a confirmação que a atriz Lashana Lynch irá substituir o ator Daniel Craig no papel do agente secreto James Bond. No entanto, antes de Lynch, outro nome era bastante cotado para o papel, o do ator Idris Elba. Contudo, Idris Elba desistiu de brigar pelo papel por conta de comentários racistas.

Em uma entrevista ao site Vanity Fair, Elba explicou que recebeu uma série de comentários extremamente racistas e prenconceitusos sobre seu possível papel no filme “007 – Sem Tempo para Morrer”. “Fiquei com o coração partido quando ouvi pessoas dizendo: ‘Não é possível’. No final das contas, sabia que era por causa da cor da minha pele. E se eu aceitar e não der certo? Teria sido pela cor da minha pele? É uma posição complicada de se colocar, e eu não preciso disso”, conta o ator.

Idris Elba queria o papel, mas não desanimou após ouvir os comentários

Idris Elba é conhecido pela série britância Luther e também, por interpretar Heimdall, o guardião de Bifrost no Universo Cinematográfico Marvel (MCU, em inglês). Assim, além de um ator excepcional,  Elba já cumpre outra exigência do papel, ser britânico. No entanto, para muitos supostos fãs da franquia, isso não era o suficiente. E o grande problema estaria no fato do ator ser negro.

Na entrevista, o ator também falou um pouco da importância do personagem. Com isso, ainda que ele acredite nisso, ele não pretendia interpretá-lo em circunstâncias que o coloquem como um James Bond menor do que outros atores foram. “O James Bond é esse personagem icônico e querido, que move a audiência para uma verdadeira jornada. Claro que se alguém me propusesse, ‘você quer ser James Bond?’, eu diria que sim. É fascinante pra mim. Mas não é um desejo. Eu não penso em ser o James Bond negro”, afirma Idris.

Lashana Lynch, a nova 007, também sofreu ataques nas redes sociais

Bem como Idris Elba, Lashana Lynch também sofreu ataques quando foi cogitada para assumir o manto de 007. “Se fosse outra mulher negra teria sido igual, ela receberia os mesmos ataques. Só tenho que lembrar que faço parte de algo muito revolucionário”, afirmou a atriz. “Sou grata por poder combater a masculinidade tóxica e superar questões raciais e de gênero. Isso ocorre porque as mulheres estão mais abertas, exigentes e fazendo denúncias”, completa Lashana, em entrevista à revista Harper’s Bazaar.

Até o momento, o 25º filme de James Bond somente será lançado em 2021. Com isso, depois de 15 anos e cinco filmes, o ator Daniel Craig irá se aposentar do papel do agente secreto. Dessa forma, Lashana, que interpreta Nomi, será a substituta do agente 007. Pelo que sabemos, na trama, o agente estará “sem tempo para morrer” e não nos deixará fisicamente. Com isso, ele não irá morrer, apenas se aposentar.

Também vale lembrar que Nomi será o “James Bond”, mas sim, a agente que carrega o código de 007. Ao todo, Craig interpretou o personagem nos filmes: Casino Royale (2006); 007 — Quantum of Solace (2008); 007 — Operação Skyfall (2012); e 007 Contra Spectre (2015). Isso sem contar o filme ainda não lançado e outras mídias como videogames. Antes de Lashana assumir o papel, nomes como Michael B. Jordan e Chiwetel Ejiofor também estavam em evidência. Porém, era chegada a hora de termos uma mulher negra como protagonista da franquia. De toda forma, isso não impede que, no futuro, Idris Elba venha a ser o James Bond.

Como é o final de The Boys nos quadrinhos?

Matéria anterior

7 eventos da Segunda Era que podem ser abordados na série de Senhor dos Anéis

Próxima matéria

Você pode gostar