Curiosidades

Propaganda de cigarro e consumo em áreas públicas são proibidas no México

0

Vício nenhum é bom, principalmente se ele prejudica a pessoa de alguma maneira. O cigarro, por exemplo, é um vício mortal. Além de prejudicar a saúde de quem fuma, quanto mais tempo a pessoa usá-lo, maiores são as chances de que isso resulte em problemas para sua vida. Mesmo a maior parte das pessoas sabendo disso, segundo a Organização Mundial de Saúde, uma em cada cinco pessoas no mundo fuma.

Por isso que, de uns tempos para cá, várias ações foram tomadas em vários países para tentar diminuir o consumo de cigarro. O mais recente foi o México que, desde o último domingo, proibiu que as propagandas de cigarro sejam vinculadas nos lugares onde eles são vendidos e em qualquer veículo de comunicação do país.

Outra medida adotada pelo país foi a de que em espaços ao ar livre, como por exemplo, praias, parques e estádios, será proibido fumar. Tudo isso é parte da reforma da Lei Nacional de Controle do Tabaco, que mudou as medidas em dezembro do ano passado. Mesmo com essas mudanças, a venda de cigarro não é proibida.

Sem cigarro

Não me toque

Através dessas novas regras, o governo do país tem o objetivo de diminuir o acesso ao cigarro entre adolescentes e também conseguir diminuir a população fumante no México. Para se ter uma ideia, hoje em dia, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), esse número é de 15 milhões de pessoas.

De acordo com o texto da lei, agora no México é proibido “realizar todas as formas de publicidade, promoção e patrocínio de produtores feitos com tabaco em qualquer tipo de mídia”.

O texto também inclui que está proibido fazer propagandas através das redes sociais usando influenciadores, nos serviços de streaming, ou então de maneira subliminar nas produções para televisão ou cinema.

Desde 2009, é proibido fumar cigarro em espaços fechados no México. Na época, essa medida fez com que bares e restaurantes remodelassem seus espaços para criarem áreas exclusivas para os fumantes. Agora, essa nova lei impede que esses estabelecimentos vendam alimentos ou bebidas para os clientes enquanto eles estiverem fumando.

Os lugares onde é proibido fumar no México são: pátios, terraços, varandas, parques de diversão, áreas esportivas, parques urbanos, praias, centros de espetáculos e entretenimento, quadras, estádios, arenas, praças comerciais, mercados, hotéis, hospitais, centros de saúde, clínicas médicas, lugares de cultos religiosos, lugares de consumo e venda de alimentos, parada de ônibus e playgrounds ou onde tiver muitas crianças e adolescentes concentrados.

Parar de fumar

Pfizer

Como dito, com essa proibição, o México quer diminuir sua população fumante. E isso não é uma preocupação somente do país. Várias pessoas também têm vontade de deixar o cigarro de lado, mas não sabem como. Felizmente,  existem evidências de várias maneiras de como conseguir parar de fumar e ter sucesso, como a própria ciência mostra.

Um deles é o aconselhamento comportamental. De acordo com a ciência, o apoio para parar de fumar aumenta as chances de a pessoa realmente parar e continuar parando sozinha. Esse aconselhamento a respeito de como parar de fumar é feito por profissionais de saúde e consultores.

Mais de 300 estudos e mais de 250 mil pessoas mostraram que ter aconselhamento para parar de fumar aumentou as chances do abandono do vício.

Além disso, os fumantes que desejam parar de fumar podem tentar a terapia de reposição de nicotina. Também conhecida como NRT, ela tem sido usada de forma segura para ajudar as pessoas que querem parar de fumar há décadas. Ela pode ser prescrita por profissionais da saúde. Contudo, em vários países, ela está disponível para ser comprada sem receita nos supermercados ou farmácias.

Estudos mostram que usar duas formas de NRT aumentam as chances de a pessoa parar de fumar, principalmente se uma das formas for o adesivo e a outra for chiclete, sprays ou pastilhas.

Evidências também mostram que diminuir a quantidade de cigarros que são fumados ao dia é uma maneira de ir parando com o hábito.

Fonte: Poder 360

Imagens: Não me toque, Pfizer

Seria o sol a melhor definição astronômica para ‘Deus’?

Previous article

Amazônia tem salvação? Ponto crítico da floresta é temido por cientistas

Next article

Comments

Comments are closed.