icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Qual ''leite'' é melhor para o meio ambiente? A resposta é surpreendente

POR Bruno Dias EM Curiosidades 16/10/20 às 17h03

capa do post Qual

Se tem um alimento que é universal é o leite, seja de um jeito ou de outro, todos nós o bebemos, nem que seja apenas quando éramos bebês. Quando crescemos alguns podem até não gostar tanto da bebida. Mas ainda assim ele está presente em muitos alimentos que consumimos diariamente. De fato, o ser humano é o único animal que bebe leite depois de adulto.

Desde a infância somos ensinados dos benefícios do leite, e são muitos, inclusive. Sendo ele essencial para a saúde dos ossos e dentes. No entanto, quando crescemos, nos tornamos um pouco céticos com certas dúvidas sobre sua eficácia e necessidade.

Além disso, outras dúvidas surgem nos dias atuais. Fazer uma escolha ecologicamente correta também é uma coisa que passa pela cabeça das pessoas na hora de escolher a bebida. Devemos comprar leite de base vegetal ou laticínios?

A verdade é que qualquer leite de origem vegetal, seja de soja, nozes ou sementes tem um impacto menor do que os laticínios no quesito respeito às emissões de gases de efeito estufa. Além do uso de água e da terra. Isso é um fato mostrado por todos os estudos que estão disponíveis, incluindo suas revisões.

Impacto

Um estudo feito em 2018 estimou que os laticínios geraram aproximadamente três vezes mais emissão de gases do efeito estuda do que os leites vegetais.

O leite de vaca e o seu potencial de aquecimento global, que é medido como quilograma de dióxido de carbono equivalente por litro de leite, varia entre 1,14 na Austrália e Nova Zelândia a 2,50 na África.

Em comparação com o potencial de aquecimento global dos leites de origem vegetal a média deles é de somente 0,42 para o leite de amêndoa e coco e 0,75 para o de soja.

Além disso, os laticínios precisam, geralmente, de nove vezes mais terra do que qualquer uma  das alternativas que tem plantas como base. Cada litro de leite de vaca consome 8,9 metros quadrados por anos. Em comparação com 0,8 para a aveia, 0,7 para a soja, 0,5 para a amêndoa e 0,3 metros quadrados para o leite de arroz.

Consequentemente, o uso da água também é maior para a produção do leite de vaca. São 628 litros de água para cada litro de laticínio. Quantidade bem menor para os leites baseados em plantas. Já que é preciso 371 litros para as amêndoas, 270 para o arroz, 48 para a aveia e 28 litros de água para o leite de soja.

Cuidados

E não é somente o produto em si que tem que ser levado em consideração. A embalagem também é muito importante. Ela contribui com 45% do potencial de aquecimento global do leite de amêndoa na Califórnia.

Outro ponto também é o desperdício de leite que coloca em jogo uma questão ambiental muito maior. Além de questionar a ética humana com a exploração animal.

Se você estiver tentando diminuir a questão ambiental do leite que bebe, o primeiro ponto é que se deve evitar os laticínios e substituí-los pelos que tem plantas como base.

O segundo ponto é que é melhor também diversificar o leite vegetal que se toma. Até porque, mudar para somente uma opção mesmo que seja mais ecológica no momento, vai fazer com que a demanda do mercado possa virar potencialmente super exploradora.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest