Fatos NerdNotícias

Relançamento de Vingadores: Ultimato não agrada os fãs e recebe críticas

0

Há alguns dias, foi anunciado o relançamento de Vingadores: Ultimato nos cinemas. Desde o início, foi perceptível que o objetivo da Marvel Studios era ultrapassar a bilheteria da Avatar, filme dirigido por James Cameron. Dessa forma, se tonrariam o filme mais lucrativo da história. Kevin Feige, o presidente do estúdio, ressaltou que o longa voltaria aos telões com cenas pós-créditos e tributos. A promessa de conteúdo exclusivo animou os fãs, que deram início às especulações das possibilidades. Todavia, tudo indica que o conteúdo tão fervorosamente anunciado é, na verdade, mais uma decepção para os fãs de heróis.

A Marvel apostou alto ao relançar Ultimato, se apoiando na estreia bilionária e na excelente receptividade crítica e pública. Contudo, os recursos adicionais pós-créditos consistem em uma homenagem a Stan Lee, uma cena do Hulk e uma prévia de Homem-Aranha: Longe de Casa. Muitos fãs da Casa das Ideias se reuniram nos cinemas e contaram regressivamente para a estreia da nova versão do filme. Porém, a recepção geral não parece ter sido positiva. O motivo é simples. Embora o relançamento de Endgame fosse uma jogada de marketing desde o começo, o estúdio, como um dos maiores de Hollywood, deveria ter apresentado algo muito melhor que isso.

Enquanto Feige estava obstinado a ultrapassar Avatar, a Disney não possuía a mesma motivação. Com a aquisição da Fox, a franquia de Cameron também pertence à Casa do Mickey. Independente do resultado, a Disney sai ganhando. Além disso, as sequências de Avatar já foram anunciadas e estão em desenvolvimento, o que representa muito sucesso pela frente.

Os problemas com as cenas pós-créditos

Embora a ideia da Marvel Studios pareça novidade, é importante lembrar que as bilheterias de Avatar incluem um relançamento também. Porém, ao contrário de Feige, Cameron se apoiou no material cortado do filme e finalizou seu CGI. Não foi apenas uma adição desesperada de nove minutos de novas filmagens no filme. Para o cineasta, o relançamento possuía um senso de valor. A versão final foi tão prolongada que os créditos finais tiveram que ser cortados. Na época, o prazo máximo para IMAX era de 170 minutos.

Em Ultimato, é apresentada apenas uma única cena excluída e mal acabada. O conteúdo mostra o Professor Hulk atuando como super-herói e mergulhando em um prédio em chamas. A qualidade técnica da cena foi altamente criticada, desde a baixa qualidade do CGI até a imobilidade da boca do personagem enquanto Mark Ruffalo diz suas falas. A cena não acrescentou absolutamente nada à história. Com uma cena deletada de Tony Stark visitando o plano metafísico da joia da alma, a qual todos queriam ver, é difícil entender o porquê deles terem feito isso.


Por último, mas igualmente decepcionante, temos a prévia de Homem-Aranha: Longe de Casa. A cena mostra apenas Nick Fury e Maria Hill indo para uma remota cidade mexicana e conhecendo Mysterio. O conteúdo tem menos de um minuto e quase todas as imagens já haviam sido mostradas em trailers e comerciais. Assim como no caso de Ultimato, havia muitas outras cenas excluídas do filme do Aranha que poderiam ter sido melhor utilizadas.

Muito ajuda quem não atrapalha

A Marvel sabia desde o início que se você se propõe a fazer um relançamento, deve apresentar cenas dignas de serem assistidas novamente. A desnecessária obsessão por ultrapassar as bilheterias de Avatar fizeram com que o estúdio assumisse uma postura desesperada e nada profissional. Teria sido muito melhor ter aceitado a segunda posição e mantido os elogios pelo excelente trabalho no primeiro lançamento de Ultimato. No tweet abaixo, você pode conferir mais sobre as cenas pós-créditos e algumas reações do público.

“O Hulk parece ter saído diretamente de Batman Lego 2”.

“Então quer dizer que eles querem que a gente passe 3 horas sentados assistindo um filme que já vimos para ver um CGI pobre do Hulk segurando alguma coisa e um personagem que já sabemos que vai estar no filme do Homem-Aranha?”.

E então, o que você achou das cenas pós-créditos? Acredita que compensa ir assistir de novo? Compartilhe sua opinião com a gente.

Conheça o asteroide que poderia transformar todos os humanos em ”bilionários”

Matéria anterior

Vendedor de cocadas compra máquinas de costura para fazer perucas para pacientes com câncer

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos